Setor de material de construção prevê avanço menor das vendas em 2014

No acumulado dos quatro primeiros meses deste ano, as vendas de materiais de construção mostraram queda de 2%.

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) reduziu a previsão para a expansão das vendas em 2014, de 4,5% para 3%, após o desempenho negativo verificado em abril.

Conforme dados divulgados pela entidade nesta terça-feira, as vendas do setor diminuíram 9,1% em abril, perante um ano antes. Na comparação com março de 2014, o recuo foi de 4,4%. No acumulado dos quatro primeiros meses deste ano, as vendas de materiais de construção mostraram queda de 2%.

"O ano começou bem, com crescimento em janeiro e fevereiro, mas as vendas da maioria dos materiais, em março e abril, caíram fortemente", diz em nota o presidente da Abramat, Walter Cover.

Segundo ele, os diferentes segmentos ? varejo, imobiliário e infraestrutura ? atendidos pela indústria apresentaram resultados abaixo do esperado. "Os produtos de acabamento sofreram menos. Ainda há tempo para uma recuperação, mas se torna mais difícil atingirmos o crescimento previsto para 2014, de 4,5%", afirmou.

Na nota, Cover indicou que o "crédito às famílias e as expectativas sobre o futuro da economia continuam preocupando tanto os consumidores como os empresários e, com isso, as compras e investimentos são postergados".

Segundo a Abramat, o emprego na indústria cresceu 6,7% em abril, na comparação anual. Em relação a março, a alta foi de 1%.

Fonte: UOL