Shoppings de todo o país intensificam liquidações de inverno neste final de semana

A intenção é aproveitar a quinta melhor data para o comércio para reduzir os estoques

Shoppings de todo país intensificam as promoções dos artigos de inverno a partir destes sábado (1º) e domingo (2), a uma semana do Dia dos Pais.

A intenção, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), é aproveitar a quinta melhor data para o comércio para reduzir os estoques, já que as lojas começam a receber a partir deste mês artigos da coleção primavera-verão (o inverno termina em 22 de setembro).

A liquidação da campanha de inverno já acontece desde o começo do mês na maioria dos shoppings, mas, na avaliação do diretor da Alshop, Luís Augusto Ildefonso, os lojistas vão aproveitar a proximidade com o Dia dos Pais (9 de agosto) para ampliar os descontos.

"As promoções vão aumentar agora porque a mercadoria de inverno é de maior risco, a estação é curta, e os lojistas têm compromissos a pagar. Em todo lugar, vai ter grandes promoções e os comerciantes se aproveitam da quinta melhor data do comércio, que é o Dia dos Pais, para adesivar as lojas e provocar o consumidor a comprar."

Um dos maiores grupos do ramo de shoppings no país, a Multiplan, realiza desde a última quinta-feira até este domingo (2) a "Liquidação Lápis Vermelho", com descontos de até 70%, em seis capitais.

Os shoppings do grupo que participam da campanha são Morumbi e Anália Franco, em São Paulo (SP); Ribeirão Shopping, em Ribeirão Preto (SP); Barra e New York City Center, no Rio de Janeiro (RJ); BH Shopping, DiamondMall e Pátio Savassi, em Belo Horizonte (MG); Park Shopping, em Brasília (DF); Park Shopping Barigui, em Curitiba (PR); e Barra Shopping Sul, em Porto Alegre (RS).

Outros shoppings da capital paulista, como Pátio Paulista, Interlagos e Central Plaza, embora não tenham campanha unificada de liquidações, têm diversas lojas que oferecem descontos nos itens de inverno.

A gerente de marketing do Central Plaza, Kelli Calijuri de Carvalho, diz que, desde que as lojas começaram a reduzir os preços, o movimento aumentou.

"Esta semana já estou com movimento 10% maior, talvez não só pelas liquidações, mas também pelo prolongamento das férias escolares por causa dessa gripe. Mas, com certeza, o movimento vai ser maior a partir deste fim de semana."

Lojistas

Gerente da loja Viv L"eroá no Central Plaza (SP), Viviane Melo diz que a loja aproveitou para baixar os preços agora para aproveitar o movimento do Dia dos Pais.

"Começam as promoções para aproveitar o Dia dos Pais, quando o shopping fica mais movimentado. Se deixar para o final do mês, depois do Dia dos Pais, tem que baixar muito os preços para conseguir vender ou corre-se o risco de ficar com muito estoque."

Subgerente da Tent Beach no mesmo shopping, Lidiane de Souza disse que a loja também terá mais promoções em razão da data. "Normalmente, [perto do] Dia dos Pais temos mais mercadorias promocionais para favorecer a vontade de comprar."

May Jaumont, dona da Datelli Calçados, no Shopping Paulista, conta que desde o começo de julho tem produtos na loja com até 70% de desconto. Uma bolsa de couro que custava R$ 699 há um mês, está à venda hoje por R$ 199, segundo a lojista.

"Logo, chega toda a coleção primavera-verão e precisamos vender o que sobrou do inverno. Com certeza, já estamos sentindo um aumento nas vendas desde que reduzimos os preços, mas a intenção é que o movimento aumente agora porque o brasileiro é muito de deixar tudo para última hora."

Consumidores

A psicopedagoga Rosania Gullo aproveitou a sexta-feira (31) para procurar um presente para o Dia dos Pais e afirmou ter se impressionado com tantas promoções da coleção de inverno, já que o clima ainda está frio.

"Achei que tem bastante coisa em promoção. Fiquei muito espantada porque ainda tá no meio do inverno. Com certeza vou comprar algo para o dia dos pais e se possível dentro das promoções."

A também pedagoga Celina Silva disse que espera mais queda nos preços. "Alguma coisa já começou a cair, mas devia cair mais."

Mais queda

Segundo o diretor da Alshop, Luís Augusto Ildefonso, o frio intenso nas regiões Sul e Sudeste nos últimos dias, fez com que os preços não caíssem ainda mais.

"Quando o inverno está mais ameno, as liquidações são antecipadas."

Ele afirma que, após o Dia dos Pais, os preços daquilo que sobrar da coleção de inverno vão cair ainda mais. "Quanto mais se aproxima o fim da estação, mais o comerciante tem que liquidar."

O Shopping Butantã, de São Paulo, por exemplo, vai esperar passar a data para promover uma liquidação unificada. De 19 a 23 de agosto vai fazer a campanha "Vapt Vupt", na qual as lojas darão desconto de 10% a 70%.

Fonte: g1, www.g1.com.br