Sine tem mais de 230 vagas para emprego em Teresina

A maioria dessas vagas não exige formação em curso superior

Se você quer conseguir um emprego ou até mesmo mudar do atual para um novo essa é uma boa época. No início do ano, a rotatividade nas empresas costuma ser maior, pois há renovação no quadro de vagas e sempre surgem novas oportunidades. No Piauí, de acordo com dados do Sistema Nacional de Emprego (Sine), estão abertas 239 vagas na agência de Teresina, mais 15 para pessoas com deficiência.

A diretora regional do Sistema Nacional de Empregos do Piauí, Betânia Rios, afirma que esse número de vagas é sempre muito mutável, a cada dia aparecem novos postos e outros tantos são preenchidos, mas afirma que no início do ano esse número é sempre superior a outros períodos do ano.

?Nessa época, as empresas sempre fazem um balanço e acabam demitindo profissionais e contratando outros. É uma rotatividade normal desse período. O que nós fazemos é essa intermediação entre a empresa e o profissional, para podê-lo encaixar no emprego que melhor condiz com sua formação?, afirmou.

A maioria das oportunidades não exige formação em curso superior. A área mais promissora é a de Operador de Telemarketing, com 100 vagas. Operador de Telemarketing Ativo também oferece muitas vagas, são 50 para Teresina.

Outra que também oferece muitas oportunidades é a função de Supervisor de Telemarketing e Atendimento, com 20 postos de trabalho na capital.

Para fazer o cadastro é necessário que o interessado vá até um dos Postos do Sine-PI, localizado no centro, Dirceu, Parque Piauí ou Espaço Cidadania. É necessário estar com todos os documentos para que possa ficar registrado no banco de dados do local. O horário de atendimento ao público é de 7h30 às 13h30. Por dia, são distribuídas 100 senhas, por isso é necessário que os interessados cheguem cedo.

Os documentos necessários para o cadastro são Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, CPF, Pis ou Pasep, comprovante de escolaridade (certificado ou declaração da escola), comprovante de residência/moradia, Carteira Nacional de Habilitação (se dirigir moto ou veículo) e certificados de cursos de qualificação profissional, caso possua.

Fonte: Pollyana Carvalho