Soja no Piauí terá crescimento de 109%

A produção baiana aguarda um crescimento de apenas 29,8%

Dados do IBGE mostram que o Piauí vai se destacar em 2014 com a produção da soja. O aumento da produção com relação ao ano de 2013 vai ser de 109%. Segundo, a pesquisa mostra que Piauí e Bahia são os estados sojicultores que esperam melhor crecimento para este ano. A produção baiana aguarda um crescimento de apenas 29,8%. O crescimento piauiense é 79,2% maior.

É um número bastante significativo, tendo em vista que a estimativa de produção da soja na safra nacional de 2014 é de 90.261.260 toneladas, indicando um crescimento de 10,5% frente a 2013. A área ocupada pela cultura deve alcançar 29.353.751 hectares, aumento de 5,2%. O rendimento médio esperado, de 3.075 kg/ha, é 4,9% maior que o da safra anterior.

Na 12ª avaliação da produção nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas apontou uma safra recorde de 188,2 milhões de toneladas em 2013, superior 16,2% à obtida em 2012 (161,9 milhões de toneladas), e com variação absoluta positiva de 1.378.853 toneladas na comparação com a estimativa de novembro (0,7%). A área colhida em 2013, de 52,8 milhões de hectares, apresentou acréscimo de 8,1% frente à área colhida em 2012 (48,8 milhões de hectares) e variação de 0,2% (108.889 ha) em relação à área prevista no mês anterior.

O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos deste grupo, que somados representaram 92,4% da estimativa da produção e responderam por 86,1% da área a ser colhida. Em relação ao ano anterior houve acréscimos na área de 7,4% para o milho, 11,7% para a soja e decréscimo de 0,9% na área colhida de arroz. No que se refere à produção, os acréscimos foram de 3,2% para o arroz, de 13,0% para o milho e de 24,3% para a soja, quando comparados a 2012.

Além de avaliar a produção de dezembro de 2013, o IBGE também realizou o 3º prognóstico de área e produção para a safra de 2014. A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas em 2014, foi estimada em 189.556.187 toneladas, superior em 1.346.131 toneladas ao total obtido na safra colhida em 2013, variação positiva de 0,7%. As Regiões Nordeste e Sudeste apresentam previsão de aumento de 30,9% e 0,1%, respectivamente. A Região Sul, a Centro- Oeste e a Norte apresentam previsão de retração de -1,0%, -1,9% e -3,0%, respectivamente.

Fonte: Vicente de Paula