Suspeita de propina derruba presidente da Casa da Moeda

A exoneração do servidor, indicado para o cargo pelo PTB em 2008, foi formalizada no fim de semana.

O presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, foi demitido no sábado por suspeita de receber propina de fornecedores do órgão via duas empresas no exterior em nome dele e da filha, informa reportagem de José Ernesto Credendio, Andreza Matais e Natuza Nery, publicada na Folha desta terça-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A exoneração do servidor, indicado para o cargo pelo PTB em 2008, foi formalizada no fim de semana por um funcionário do terceiro escalão do Ministério da Fazenda e publicada ontem no "Diário Oficial da União". Ela ocorre após ter chegado à Fazenda informação de que a Folha preparava reportagem sobre o caso. Denucci confirma a existência das empresas, mas nega ter feito movimentações financeiras com essas contas.


Fonte: Folha.com