Tarifas entre bancos variam até 100% com corte revelado pelo BB

É o caso da cobrança pela segunda via do cartão de crédito no BB e no Itaú Unibanco

O Banco do Brasil (BB) anunciou ontem a redução de 24 tarifas cobradas de seus correntistas, que começará a valer a partir da próxima segunda-feira, dia 15. O corte nas taxas chega a 38%. Mais um motivo para o consumidor comparar os percentuais: as diferenças de valor entre os outros bancos podem chegar a 100%.

É o caso da cobrança pela segunda via do cartão de crédito no BB e no Itaú Unibanco. No primeiro, o custo baixará de R$ 8 para R$ 5. No outro, hoje custa R$ 10. O pacote padronizado definido pelo Banco Central terá uma redução de quase 27% no BB: irá dos atuais R$ 13,50 para R$ 9,90 por mês.

O BB deixará de cobrar a tarifa de cadastro de relacionamento. No HSBC, ela custa R$ 59, enquanto no Santander sai por R$ 28,50 ? uma diferença de 107%.

Na comparação o EXTRA constatou também que algu-mas tarifas do BB ainda serão superiores às de outros bancos: o pacote universitário, por exemplo, custará R$ 3,80 por mês, mas na Caixa Econômica Federal sai a R$ 3,45. A tarifa de depósito identifi-cado, que será reduzida de R$ 3,10 para R$ 2,70, não é cobrada no HSBC e na Caixa atualmente.

Ao somar alguns serviços avulsos, há ainda uma grande variação de preços: um saque, uma transferência entre contas do próprio banco e um depósito identificado custam na Caixa R$ 2,30, mas sairão para o cliente do BB por R$ 4,90 ? 113% mais caros.


Tarifas entre bancos variam até 100% com corte anunciado pelo Banco do Brasil

Fonte: Extra