Teto de benefícios do INSS pode ir a R$ 4.112, a partir de 2013

Se os segurados não conseguirem negociar um aumento acima da inflação, esse será o índice aplicado a todos os benefícios acima do piso nacional

Com a previsão de inflação de 5% anunciada pelo governo para este ano, o teto (valor máximo) de aposentadorias e pensões do INSS poderá chegar a R$ 4.112, a partir do ano que vem. Se os segurados não conseguirem negociar um aumento acima da inflação, esse será o índice aplicado a todos os benefícios acima do piso nacional.

O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e o senador Paulo Paim (PT-RS) incluíram uma emenda na Lei Orçamentária de 2013 que abriria um canal de discussão sobre a valorização das aposentadorias acima do salário mínimo, ideia que foi vetada. Representantes dos segurados querem tentar incluir uma nova proposta no orçamento, já encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional e que deverá ser votado até o fim do ano. Eles esperam ainda conseguir um encontro com a presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Extra