Tomate fica 100% mais caro em Teresina, informa levantamento

Tomate fica 100% mais caro em Teresina, informa levantamento

Em média, uma caixa de 25 quilos de tomate, que antes custava em média R$ 25,00, hoje está custando R$ 50,00 na Ceapi

A Semana Santa está se aproximando e com isso cresceu a procura por alguns produtos, o que tem feito o preço de muitos deles disparar. O tomate tem sido um dos grandes vilões da cesta básica nos últimos dias. Esta semana, na Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi), o seu valor subiu 100%.

Uma caixa de 25 kg do produto, que antes custava em média R$ 25,00, hoje está custando R$ 50,00 na Ceapi. Na semana passada, segundo vendedores do local, esse preço alcançou os R$ 80,00 e poderá chegar até R$ 100,00 na Semana santa. ?Nós compramos tomate no Ceará e lá já subiu, por isso inevitavelmente sobe aqui também. E esse não é um preço fixo, ele muda a cada semana?, afirmou o gerente de uma das lojas que vendem o produto na Ceapi, Matias Pereira.

Mas o tomate não é o único a alcançar preços exorbitantes nesta época. Tradicionalmente, no período quaresmal, as pessoas consomem menos carne e suprem isso com a compra de outros produtos como ovos e peixes, por exemplo.

Na Ceapi, o preço do ovo também disparou. Se antes uma cartela custava em média R$ 6,00, hoje ela já chega a R$ 7,50, podendo alcançar até R$ 10,00 na Semana Santa. ?Este é um período em que o ovo fica escasso justamente por causa da procura que aumenta, então o preço sobe muito?, explicou a gerente de uma loja da Ceapi, Rosário de Fátima.

Quem não abre mão das frutas, também tem apertado o orçamento na hora de levar esse produto para casa. A consumidora Samara Alves conta que é item indispensável na sua sacola de compras, principalmente porque tem que manter a alimentação saudável da sua bebê. ?Eu faço pesquisa de preços, aperto o orçamento, mas tenho que comprar. E tenho percebido que algumas delas estão bem mais caras?, afirmou.

O vendedor de frutas da Ceapi, José Aroldo Alves, afirma que a uva e a manga, produtos comercializados por ele, também estão sofrendo esse aumento de preço. Uma caixa de uva, com R$ 20 kg, que antes custava, em média, R$ 50,00, hoje está em torno de R$ 90,00. A caixa da manga que estava sendo vendida a R$ 20,00, hoje chegou a R$ 50,00. ?A gente sente que os consumidores costumam substituir os produtos mais caros por outros mais baratos e voltam a consumir depois que o preço cai?, pontuou.

Fonte: Pollyana Carvalho