Tombini critica pessimismo de vários agentes econômicos no Senado

Segundo Tombini, os investimentos estão se expandindo, a taxa de desemprego está historicamente baixa e há geração de novos postos de trabalho.

A percepção de muitos agentes econômicos ainda está mais pessimista do que a realidade dos números. A avaliação é do presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Segundo Tombini, os investimentos estão se expandindo, a taxa de desemprego está historicamente baixa e há geração de novos postos de trabalho. Ele citou também o crescimento do crédito, com redução da inadimplência e do comprometimento da renda das famílias. ?A indústria apresenta retomada gradual. O setor de serviços continua a se expandir, mas em ritmo menos intenso de que em anos anteriores. O setor agrícola continua a apresentar safras recordes?, acrescentou.

O presidente do BC reforçou que a economia brasileira tem apresentado retomada gradual. Ele disse também que o BC atuará no combate à inflação como forma de ajudar a melhorar a confiança do setor produtivo e das famílias.

Segundo Tombini, a inflação ainda está ?em patamares desconfortáveis?, mas já retomou trajetória de declínio. Segundo ele, a recente alta do dólar leva a aumento da pressão inflacionário no curto prazo. Por isso, o BC terá que conduzir a política monetária para evitar que haja transmissão da alta do dólar para a inflação.

Tombini enfatizou ainda que o objetivo do BC é fazer com que a inflação convirja para o centro da meta, 4,5%. ?Não existe outro objetivo para o Banco Central?, disse.

Fonte: Agência Brasil