Total de trabalhadores formais contratados cresce 4% em março

No primeiro trimestre, houve mais demissões do que contratações.

O total de trabalhadores contratados de maneira formal (com carteira assinada) na região metropolitana de São Paulo cresceu 4% em março na comparação com o mesmo mês de 2011. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), foram registradas 975.781 posições ocupadas no período. No entanto, na comparação com fevereiro, o resultado é de queda de 0,02%.

Em março, houve um aumento de 3.677 vagas formais - alta de 8,1% em relação a fevereiro. Porém, 49.403 funcionários foram demitidos do comércio varejista na região metropolitana contra 44.006 desligados em fevereiro, um crescimento de 12,3% nas demissões.

No primeiro trimestre, houve mais demissões do que contratações, sendo que o saldo no comércio ficou negativo em 5 mil vagas, ou 136.926 novos funcionários incorporados ao mercado e 142.136 desligados, informou a FecomercioSP.

A rotatividade no comércio geral ficou estável em 5,1%. Os setores que encerraram março com taxas de admissão maiores foram os de Vestuário, Tecidos e Calçados e Supermercados (Alimentos e Bebidas), com taxa de 6% e 5,9%, respectivamente.

A entidade afirma que o primeiro trimestre sazonalmente costuma registrar um ritmo de atividade menos pronunciado em virtude dos inúmeros compromissos financeiros, tanto para empresas como para consumidores (pagamento de impostos, início do ano letivo, entre outros).

Fonte: Terra