Tráfego aéreo brasileiro cresce 43% e bate recorde histórico

Voos internacionais também têm alta; passagem aérea está mais em conta que em 2009

O tráfego aéreo doméstico brasileiro aumentou 42,89% em fevereiro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2009 ? o maior crescimento desde setembro de 2003, quando os dados começaram a ser computados. De cada cem passageiros dos voos em território nacional, 16 preferem as companhias pequenas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (11) pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

As principais companhias aéreas brasileiras registraram aumentos expressivos de passageiros, com destaque para as de menor porte. A Trip apresentou alta de 90%, a Webjet, de 142%, a Passaredo, de 190%, e a Azul, de 336%.

A TAM, líder de mercado com 42,4% de participação, teve um aumento de 21,7% da demanda doméstica. A Gol/Varig manteve a segunda posição no mercado (41,6% de participação) e cresceu 47,9% no período. No ranking de participação do mercado, a terceira maior companhia brasileira ainda é a Webjet (6,3%), que ampliou a distância para a Azul (5,2%), OceanAir (2%) e Trip (1,7%).

Voos internacionais

Segundo a Anac, os voos para o exterior também aumentaram em fevereiro ? alta de 14,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Neste mercado, a TAM detém 82% de participação, seguida pela Gol/Varig, com 18%.

Somados os meses de janeiro e fevereiro de 2010, a demanda por transporte aéreo entre as companhias brasileiras que fazem voos regulares já acumula crescimento de 36,5% no segmento doméstico e de 13,7% no internacional.

Ocupação

O aumento da demanda deixou os aviões das companhias brasileiras mais cheios: a ocupação nos voos no Brasil passou de 60,7% em fevereiro de 2009 para 71,6% no mês passado. Já nas rotas para o exterior, as empresas nacionais elevaram a ocupação de 67,3% para 77% no período de 12 meses.

Passagem mais barata

Apesar do aumento da procura, as tarifas não sofreram reajuste até janeiro deste ano. Dados do relatório Yield Tarifa da Ana, também divulgado nesta quinta-feira, mostram que o passageiro pagou R$ 0,41 por quilômetro voado no Brasil em janeiro de 2010, ante R$ 0,53 de janeiro de 2009. Em dezembro de 2009, o quilômetro voado no país era de R$ 0,44.

Na média de 67 linhas monitoradas entre capitais e importantes cidades no Brasil, uma passagem aérea custou R$ 302,60 em janeiro - valor 28% mais barato do que em janeiro do ano passado (R$ 418,94). Os dados de fevereiro ainda não estão disponíveis.

Fonte: R7, www.r7.com