Turismo piauiense receberá R$ 110 Mi

O litoral piauiense, que é a porta de entrada para o roteiro turístico da Rota das Emoções

O Piauí terá R$ 100 milhões em projetos na área de Turismo para serem executados em 2010. A informação é do secretário estadual de Turismo, Sílvio Leite. ?A maioria dos recursos esta garantidas através do Prodetur (Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo) com apoio grande do Ministério do Turismo?, explica.

O litoral piauiense, que é a porta de entrada para o roteiro turístico da Rota das Emoções, terá atenção especial da Secretaria. Além da urbanização da orla haverão recursos deslocados para a aviação regional.

?Serão distribuídos em três anos cerca de R$ 5 milhões para os municípios da orla, como Cajueiro da Praia, Parnaíba e Luís Correia, que poderão adquirir veículos, além de capacitarem o corpo de funcionários?, pontua.

Ele destaca ainda que várias cidades piauienses, como Campo Maior, Pedro II, Ilha Grande e São João do Piauí, criaram as próprias secretarias municipais de Turismo este ano.

?Isso certamente ajuda no desenvolvimento e divulgação das potencialidades locais. São João, por exemplo, tem o plantio de uva e agora que tem a secretaria pode trabalhar melhor a atração de turistas?, avalia, lembrando que a população está descobrindo as riquezas do Estado, como o canyon do rio Poti e o turismo rural.

?Iremos urbanizar as barragens de pedra de Valença e Conceição do Canindé e divulgar o sítio arqueológico de Buriti dos Cavalos, por exemplo. Temos projetos para transformar essas belezas em produtos e negócios?, argumenta. Sílvio Leite também destaca as emendas indicadas por parlamentares piauienses para 2010.

A maioria é destinada ao investimento em Turismo no Estado, como a do senador João Vicente Claudino (PTB) e dos deputados Marcelo Castro (PMDB), Osmar Júnior (PC do B) e Paes Landim (PTB). Outro projeto que incrementará a movimentação turística no Piauí será a construção de uma marina no litoral. ?Vai ser uma obra que irá gerar emprego e renda de qualidade?, afirma Sílvio.

Ele lembra que a marina será próxima do Aeroporto Internacional de Parnaíba, com distância calculada em cerca de 10 minutos de iate ou avião. ?Passam atualmente pelo litoral do Piauí mais de 6 mil iates de médio e grande porte de origem europeia indo ao Caribe e o Estado lucrará com esse trânsito?, diz.

Fonte: Francisco Lima e Sávia Barreto