Vagas de empregos vão aumentar 40% no Sine do Estado do Piauí

O caminho mais curto para o mercado de trabalho é a qualificação profissional.

Os trabalhadores desempregados do Piauí terão mais chances de conseguir um emprego em 2012. É que o Sistema Nacional de Empregos do Piauí (Sine-PI) tem um plano que prevê a captação de mais vagas de empregos para o ano vindouro. Com isso, a oferta de vagas nas mais diversas áreas deve ser maior em cerca de 40%.

Mas importante lembrar que o caminho mais curto para o mercado de trabalho é a qualificação profissional. Nesta área, 2012 promete ser o grande ano para as pessoas que estão desempregadas e desejam aprimorar os conhecimentos para disputar as vagas de emprego.

Isso pelo fato de a presidente Dilma Rousseff ter sancionado o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O programa inclui, dentre outras vantagens, a Bolsa-Formação que beneficiará pessoas em situação de vulnerabilidade social com qualificação profissional. Para o próximo ano as áreas com maior oferta de vagas no Sine-PI serão o comércio e a construção civil.

Para concorrer a uma das vagas os trabalhadores devem comparecer à sede do Sine- PI, que fica na Avenida José dos Santos e Silva, 1380, Centro e Teresina. No local, o trabalhador recebe uma senha para realizar o cadastramento dos seus dados.

Em caso de vaga disponível para o perfil do trabalhador, ele será encaminhado para participar do processo seletivo nas empresas, diretamente pelo Setor de Atendimento, ou após avaliação do Serviço de Psicologia. Não havendo vaga compatível com o perfil do trabalhador, ele é orientado a retornar ao órgão periodicamente para se informar sobre o andamento de sua solicitação.

Ao procurar uma vaga de emprego no Sine, o trabalhador deve levar os documentos originais, como Cédula de Identidade ou RG, Carteira de Trabalho, comprovante de residência, comprovante de escolaridade e certificados, caso tenha. Sempre que o trabalhador mudar de endereço, telefone, ou realizar novos cursos de aperfeiçoamento e capacitação profissional, deve comparecer imediatamente ao órgão para atualizar o cadastro.

?Enquanto meu emprego não vem? orienta o trabalhador

Os trabalhadores piauienses que buscam inserção ou reinserção no mercado de trabalho contam com o projeto ?Enquanto meu emprego não vem?, que busca humanizar as ações de atendimento e otimizar os serviços prestados pelo Sistema Nacional de Empregos no Piauí. A iniciativa disponibiliza aos trabalhadores folders, panfletos e outras peças informativas orientando a forma correta de proceder ao tentar conquistar uma vaga.

?Além da documentação a ser apresentada, vamos orientar a melhor forma da pessoa fazer o currículo profissional?, comentou Ubirani Rocha, diretor do Sine no Piauí. O Projeto disponibiliza cursos, palestras, oficinas, estudos de caso vivenciados no ambiente de trabalho, além de dinâmicas. Existe também a presença da música para tornar o ambiente da espera nas filas mais aconchegante.

Os setores com o maior número de vagas disponíveis no Sine, até o fechamento desta reportagem, são os de atendente de telemarketing (30 vagas), pedreiro de acabamento (25 vagas), auxiliar de promoção de vendas administrativo (44 vagas) e montador de andaimes em edificações (45 vagas).

Fonte: Ivana Machado