Vale anuncia lucro recorde de R$ 30,1 bilhões em 2010

Empresa atinge maior marca entre todas as mineradoras do mundo

A mineradora Vale fechou 2010 com o lucro líquido recorde de R$ 30,1 bilhões, o que representa mais de três vezes o valor obtido um ano antes (R$ 8,901 bilhões), informou a empresa brasileira em comunicado enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) nesta quinta-feira (24).

O lucro obtido pela Vale é o maior de uma mineradora em um único ano e superou em 30,6% o registrado pela própria empresa brasileira em 2008, naquele que até o momento tinha sido seu melhor ano (R$ 21,279 bilhões). No quarto trimestre de 2010, o lucro da companhia alcançou R$ 9,846 bilhões, número 2% inferior ao do período imediatamente anterior.

O presidente da companhia, Roger Agnelli, não escondeu a satisfação com o resultado alcançado sob sua gestão.

- Estamos vivendo nossos melhores dias.

Com o processo de recuperação dos mercados mundiais, depois do auge da crise no fim de 2008 e início de 2009, as vendas da Vale foram embaladas, durante todo o ano passado, por aumento de preço, especialmente do minério de ferro, e reativação da indústria.

Bastante criticada pelas medidas tomadas logo no início da crise, no fim de 2008, como corte de pessoal e redução de investimentos, a empresa atribuiu a dois fatores o resultado de 2010. Um deles foi a recuperação mundial; o outro, justamente as iniciativas tomadas em resposta à recessão.

A receita operacional da Vale somou R$ 77,349 bilhões, sendo R$ 25,305 bilhões no quarto trimestre do ano, número 5,04% maior que o do terceiro trimestre. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, medido pelo indicador Ebitda, alcançou R$ 43,459 bilhões, o novo recorde da empresa.

O Ebitda do último trimestre de 2010 foi de R$ 14,758 bilhões, com uma ligeira melhora na comparação com o período anterior. Com relação ao volume de vendas, o minério de ferro continuou responsável pela maior parte da receita da companhia, com 254,9 milhões de toneladas métricas vendidas a um preço médio de R$ 172,23 por tonelada.

Além de ser a maior exportadora de ferro do mundo, a Vale também é grande produtora de outros metais e minerais, como alumínio, manganês, carvão, potássio, bauxita e fosfatos.

Fonte: R7, www.r7.com