Variação de preços das cestas chega a R$ 24 nos supermercados de Teresina

Variação de preços das cestas chega a R$ 24 nos supermercados de Teresina

A pesquisa de preços desta semana realizada semanalmente pelo Jornal Meio Norte mostrou a diferença de preços das cestas

A pesquisa desta semana, realizada pelo jornal Meio Norte, registrou a diferença de R$ 24,58 entre os supermercados que ocuparam o primeiro e o quarto lugares no ranking dos estabelecimentos que oferecem a cesta de produtos mais barata para o consumidor.

Há algumas semanas, o Pão de Açúcar vinha se apresentando como o supermercado mais caro. Mas nesta semana, a quarta posição passou a ser ocupada pelo Comercial Carvalho, com o valor de R$ 420,75 para o total de 51 itens pesquisados.

Já o primeiro lugar do ranking continua sendo ocupado pelo Extra, com um total de R$ 394,00. O Hiper Bom Preço ficou com a segunda colocação e apresentou na pesquisa desta semana, um total no valor de R$ 396,17. A diferença entre este supermercado e o primeiro colocado, ficou no pequeno valor de R$ 2,17.

Em terceiro lugar, no ranking dos supermercados com o total mais caro para a cesta de itens básicos, ficou o Pão de Açúcar. O estabelecimento apresentou um total de R$ 405,20.

ATACADOS - Disputa bastante equilibrada nos atacadistas: Do primeiro para o quarto lugar a diferença foi de apenas R$ 3,05. E a tabela passou por uma modificação. Depois de várias semanas seguidas na terceira colocação, o Makro assumiu a ponta nesta edição do levantamento.

O atacadista alcançou R$ 83,58 na soma dos preços dos itens presentes em todos os estabelecimentos. Em seguida, com apenas R$ 0,23 a mais, vem o Atacadão (soma de R$ 83,81). O terceiro é o Maxxi (R$ 84,12) e o quarto é o Carvalho Mercadão, com soma de R$ 86,63.

O movimento está mais calmo nos estabelecimentos ? oportunidade aproveitada pelos lojistas para reorganizar setores de loja e começar a receber novos itens de estoque. Portanto, o consumidor deve estar atento para mudanças na localização dos itens procurados.













Fonte: Dowglas Lima e Flávia Araújo