Veículos flex já são oito em cada dez vendas

Em março, foram vendidas mais de 296,3 mil unidades bicombustíveis

Os veículos flex já respondem por 88,9% das vendas de veículos novos, segundo dados do setor divulgados pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Em março de 2009, foram vendidas mais de 296,3 mil unidades bicombustíveis, frente às 184,3 mil em fevereiro.

Dados dos últimos cinco anos da entidade mostram que pouco mais de 30% dos veículos se encaixavam nessa categoria em 2005. Em 2008, foram quase 2 milhões de carros flex fabricados no país.

Dados divulgados nesta quarta-feira (7) pela Anfavea mostram que o mês de março bateu recordes históricos de produção e venda de veículos.

Quase 331 mil veículos saíram das fábricas no mês de março, o que significa alta de 32,5% na produção de fevereiro para março e de 20,3% na comparação anual. No primeiro trimestre, a produção somou 826,7 mil unidades, alta de 24,4% em relação ao mesmo período de 2009.

O emplacamento de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões também foi recorde, passando de 353,7 mil veículos no mês.

Segundo a entidade, os dados mostram o resultado dos pacotes de incentivo do governo, como a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os carros zero. A desoneração teve início em dezembro de 2008 e só terminou em novembro do ano passado, quando teve início a volta da cobrança progressiva.

A expectativa do mercado é de que as vendas de abril recuem na comparação contra março. Ainda assim, a entidade mantém previsão de alta de 8,2% nas vendas, para 3,4 milhões no ano.

Fonte: R7, www.r7.com