Veja aqui seis dicas para abrir o seu próprio negócio sem largar o emprego

O site Daily Worth listou seis passos que você pode tomar para construir um negócio bem sucedido sem deixar o seu atual emprego

Muitas pessoas sonham em um dia abrir o seu próprio negócio e especialistas até dizem que abrir uma empresa é o primeiro passo para gerar uma riqueza significativa.

Mas, vamos ser sinceros, embora a ideia de ser o seu próprio patrão seja sedutora, ela também é, provavelmente, um pouco intimidadora, afinal são diversas dúvidas: como começar, qual produto ou serviço oferecer, ou se você será capaz de ganhar dinheiro suficiente.

O site Daily Worth listou seis passos que você pode tomar para construir um negócio bem sucedido sem deixar o seu atual emprego e ainda manter um porto seguro:

1- Conheça o mercado

Antes de abrir um negócio, certifique-se de que há um mercado para seu produto. Faça uma lista de organizações de comércio, associações industriais, sites, boletins informativos e publicações comerciais para ganhar o máximo de informação possível sobre a indústria que você pretende entrar.

Procure também fazer uma lista dos produtos e serviços do setor para identificar em que a sua empresa pode se diferenciar. Outra opção é criar uma loja pop-up ?estabelecimentos temporários? para conseguir um feedback de seu mercado.

2- Tenha um plano e um cronograma

Quando você estabelecer que há um mercado para seu produto ou serviço, desenvolva um plano de negócio, que inclua a data de saída do seu atual trabalho. Com um cronograma, você consegue seguir os passos para dar início ao seu projeto com mais foco.

3- Você talvez prefira uma franquia

Enquanto a maioria dos empresários ou proprietários de franquias trabalham em tempo integral em seus negócios, alguns tipos de franchising permitir que os proprietários mantenham seus próprios empregos.

Contratar alguém para executar o seu negócio, enquanto você ainda trabalha em tempo integral pode ser gratificante, mas esses "modelos semi-ausentes" ainda exigem que o proprietário se dedique de 10 a 15 horas por semana no negócio. Enquanto o gerente administra o negócio e as operações do dia a dia, o proprietário é responsável por assistir as métricas do negócio, fazer contatos, gerir o marketing e publicidade e, sobretudo, as finanças.

4- Determine quando você vai informar seu chefe

Se você continuar a trabalhar em seu atual emprego enquanto monta sua empresa, certifique-se de que você não tem qualquer obrigação contratual de seu empregador que o proíba de ter um negócio lateral. Caso você tenha uma restrição, você vai precisar de uma conversa com seu chefe e, talvez, com o departamento de recursos humanos.

Se o seu contrato não impede um negócio lateral, você tem que determinar se vale a pena discutir o seu novo negócio com o seu chefe ou se a conversa poderia colocar seu trabalho em risco. Se você tiver um bom relacionamento com o seu chefe, você pode até ganhar um aliado.

5- Tire proveito da tecnologia

Um empresário de sucesso deve ser ágil e profissional. Felizmente, as ferramentas tecnológicas estão disponíveis ao seu alcance para ajudá-lo a se manter em dia com os pedidos de negócios e contatos com os clientes, enquanto está em seu emprego atual.

6- Não perca o foco no trabalho

Com o novo projeto, você pode ficar animado e distraído, mas é importante manter o foco no trabalho atual, afinal de contas, a prioridade é a sua profissão e o salário.

Fonte: UOL