Venda de combustíveis no país bate recorde

Resultado reflete o bom desempenho da venda de álcool

O consumo de combustíveis acelerou no mês de julho, registrando crescimento de 2,14% no país, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP). De acordo com a agência, as distribuidoras brasileiras venderam 9,365 bilhões de litros no mês passado, maior volume já registrado para um mês de julho. O desempenho é resultado de boas vendas de álcool e melhoria no mercado de diesel.

No ano, porém, o resultado apresenta o impacto dos primeiros meses de fracas vendas, e mostra um crescimento de apenas 0,6%, para 60,705 bilhões de litros. As vendas de diesel ainda são menores do que as do ano passado, mas estão se recuperando em ritmo acentuado e já se aproximam dos níveis registrados no ano passado. Em julho, totalizaram 3,862 bilhões de litros, apenas 0,28% a menos do que no mesmo mês de 2008. Em fevereiro, por exemplo, a diferença chegava a 8,84%.

Álcool

Segundo a ANP, o álcool continua sendo o carro-chefe do mercado de combustíveis este ano, com crescimento de 26% no acumulado do ano, atingindo um volume de vendas de 9,069 bilhões de litros. Em julho, o consumo do combustível foi de 1,374 bilhão de litros, alta de 22,78% em relação a julho de 2008.

Os baixos preços incentivam a substituição da gasolina, cujo consumo vem registrando queda durante todo o ano (-2,32%, em julho). O mercado de querosene de aviação (QAV) também registrou crescimento, de 4,25%, acompanhando o bom desempenho do setor aéreo em julho - quando a demanda por voos nacionais cresceu 25,6%, maior alta desde setembro de 2005. De acordo com os dados da ANP, as distribuidoras do combustível venderam 474 milhões de litros no mês passado. No acumulado do ano, porém, os números apresentam estabilidade com relação a 2008 (vendas de 3,065 bilhões de litros).

Fonte: g1, www.g1.com.br