Vendas ainda não conseguiram superar 2010

Vendas ainda não conseguiram superar 2010

Vendedores, principalmente no ramo de confecção, sentiram o aumento no bolso.

Como em todo o comércio varejista de Teresina, o Shopping da Cidade também tem presenciado um grande movimento na antevéspera do Natal. Vendedores, principalmente no ramo de confecção, sentiram o aumento no bolso, mas muitos garantem que as vendas ainda não conseguiram superar 2010.

É o caso de Diego Marcos de Almeida, que tem um boxe de roupas no local. Apesar da facilidade de compras no cartão, ele compara com o ano anterior, garante que foi melhor, mas espera que aumente até o sábado (24). “Aumentou muita gente aqui, mas não está como a gente esperava. As pessoas estão comprando menos”, constata.

Para Francisca Costa, outra vendedora do Shopping da Cidade, as vendas não têm sido tão boas. Ela justifica que o local de sua loja não é privilegiado e por isso tem, de certa forma, prejudicado suas vendas.

“Natal é só na boca do povo. É ilusão, o mês todo é assim. Os comerciantes da lateral estão vendendo bem, mas eu até agora não consegui atingir nem R$100 neste mês de dezembro”, afirma Francisca Costa que procura uma justificativa para a venda fraca.

“A crise está grande”, arrisca. Mas de acordo com o presidente do Sindilojas (Sindicato dos Lojistas de Teresina), Luís Antônio Veloso, as vendas estão dentro da expectativa para a época, com aumento variado entre 5% e 7%.

“No caso do Shopping da Cidade, aqueles com quem tenho conversado é um número pequeno de lojistas que dizem que as vendas estão ruins. De um modo geral, está maior que o ano passado. Mas é uma coisa que varia de acordo com a loja”, justifica.

Fonte: Virgínia Santos