Vendas caem a 97% durante jogos do Brasil

Copa do Mundo, porém, é positiva para comércio, afirma associação comercial de SP

As vendas no comércio caíram até 97% no horário do primeiro jogo da seleção brasileira, segundo a ACSP (Associação Comercial de São Paulo). A associação comparou as consultas que os lojistas fizeram ao sistema do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) na terça-feira (15), dia em que o Brasil jogou contra a Coreia do Norte, com o mesmo dia da semana anterior.

De acordo com Emílio Alfieri, economista da instituição, a queda nas vendas é comum e deve ser assim nesta sexta-feira (25), durante a partida contra Portugal, às 11h.

- É uma coisa cultural: brasileiro para tudo o que estiver fazendo para assistir à seleção brasileira jogar. E não é diferente no comércio. Na semana passada, as consultas ao SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e, consequentemente, as vendas caíram até 97% durante a partida.

No levantamento feito pela ASCP, o começo do dia teve até uma alta nas vendas. Entre as 7h às 9h, as consultas variaram de 20% até 50% mostrando uma antecipação de compras. No entanto, depois das 10h, houve um declínio gradativo.

O momento mais crítico foi mesmo o horário da partida, que começou às 15h30. Entre as 15h e as 17h, as vendas caíram até 97%.

O economista disse, no entanto, que mesmo com as quedas nas vendas, a Copa representa um estímulo para o varejo, principalmente para os setores de TVs, materiais esportivos e bebidas.

- No final, o balanço da Copa é sempre positivo porque as pessoas compram eletrodomésticos, vão ao mercado comprar bebidas e carnes para churrasco, por exemplo. O consumidor não vai deixar de gastar. Ou ele antecipa ou adia a compra.

Fonte: R7, www.r7.com