THE: Vendas de adereços devem dobrar no período de Carnaval

THE: Vendas de adereços devem dobrar no período de Carnaval

Na semana do Corso, a que antecede o Carnaval, as lojas no centro comercial de Teresina prepararam os estoques e esperam um aumento

Muitas lojas no centro da capital já estão decoradas para o Carnaval e as vendas neste período de folia estão intensas. Alguns vendedores afirmam que o movimento precisa aumentar para que se supere os lucros do ano passado. A previsão é que nesta semana que antecede o corso as vendas aumentem mais que o dobro do normal. No centro da capital algumas lojas oferecem opções variadas de acessórios para incrementar e/ou para decorar caminhões e bailes que são organizados neste período.

Vendedora de uma loja de bijuterias e acessórios, Maria Helena Vaz afirma que há algumas semanas a loja teve um grande fluxo de pessoas em busca de adereços carnavalescos. Ela conta que desde janeiro a loja vem se preparando com um estoque diversificado para atender a demanda no Carnaval. Toda a loja está em ritmo carnavalesco, mas um setor especial foi separado para venda de produtos específicos para o esta festa.

Muitas pessoas estão saindo do interior do Piauí e de outros estados para comprar acessórios e enfeites para o Carnaval em Teresina. O professor Jerônimo Cavalcante possui uma escola de samba em Caxias e veio à Teresina comprar penas, tecidos e outros materiais para confecção de fantasias e alegorias para a escola. Quase todos os dias ele vem à capital fazer compras para o desfile. ?Temos que aprontar tudo o mais rápido possível. O desfile vai ser dia 04?, declara e observa que este ano os preços estão mais altos que no ano passado.

De Capitão de Campos, a primeira-dama e secretária de assistência social da cidade, Lindiane Batista também veio à capital adquirir enfeites para o Baile de Carnaval que ela pretende organizar na cidade. Para ela, falta novidades nas lojas. ?Está tudo muito repetitivo. São sempre as mesmas coisas e temas dos anos anteriores?, observa e afirma que os preços não variaram tanto comparados com o ano passado.

Pensando no Corso, a artesã Alzira Duarte também já começou a procurar acessórios para a se enfeitar na festa. Ela procura algo com uma temática relacionada à Copa e a seleção brasileira. Ela ainda não decidiu algo, pois, segundo ela, as lojas vêm explorando bem esta temática e estão oferecendo muitas opções.

Helena confirma que tem recebido muitos clientes de fora da capital e a loja que estava ficando lotada nestes dias deve ficar mais ainda esta semana. ?O pessoal tem o costume de deixar tudo para última hora. Então essa semana acho que a loja vai ficar o tempo todo lotada?, declara e acrescenta que a busca tem sido variada e tem saído muitos itens de decoração como fitas laminadas, chicotes metalizados, máscaras grandes e alguns painéis. Dentre os acessórios, os chapéus e adereços para o cabelo têm feito sucesso entre as mulheres.

Fonte: Vicente de Paula