Vendas de carros importados crescem 171%

Emplacamentos somaram 7.450; há um ano eram 2.742. De abril para cá houve queda

As vendas de carros importados caíram entre abril e maio, mas ainda mostra um aumento de 171% se comparado com o número de veículos vendidos um ano antes. Em maio, foram emplacadas 7.450 unidades, contra 7.497 em abril. Em 2009, saíram das lojas 2.742 unidades.

Segundo dados da Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores), os negócios entre abril e maio ficaram praticamente estáveis (queda de 0,7%). O desempenho, apesar de ser positivo, ainda é inferior ao registrado nos meses anteriores deste ano: crescimento de 245% em março e de 190% em abril.

Para o ano, a expectativa é de estabilidade nas vendas, segundo José Luiz Gandini, presidente da entidade. Nos primeiros cinco meses de 2010, os dados das 22 marcas afiliadas à associação mostram que mais 34 mil unidades foram emplacadas, contra as mais de 11 mil do mesmo período do ano passado ? a alta é de 190%.

A entidade explica que, desde o começo do ano, outras oito marcas passaram a fazer parte da conta de vendas, o que faz o volume de veículos vendidos ser ainda maior. Considerando as 14 marcas associadas em maio de 2009, o avanço nas vendas foi de 123% (de 2.742 há um ano para 6.124 unidades em abril).

A Abeiva conta mensalmente as vendas de carros das marcas Aston Martin, Audi, BMW, Chana, Chery, Chrysler, Dodge, Effa Changhe, Effa Hafei, Hafei Motor, JAC, Jaguar, Jeep, Jinbei, Kia Motors, Land Rover, Pagani, Porsche, Spyker, SsangYong, Suzuki e Volvo.

Fonte: R7, www.r7.com