Vendas de imóveis novos em São Paulo caem 36,5% em maio, diz Secovi

No total, 2.080 unidades foram vendidas naquele mês

As vendas de imóveis novos na cidade de São Paulo caíram 36,5 por cento em maio ante mesmo mês de 2013, a 2.080 unidades, informou nesta terça-feira o sindicato da habitação paulista, Secovi.

Na comparação com abril, o resultado foi 3,1 por cento menor.

Já o Valor Geral de Vendas (VGV) foi de 1,35 bilhão de reais em maio, 0,6 por cento superior ao de abril, segundo o Secovi. "Aproximadamente 76,3 por cento das unidades vendidas no mês foram de lançamentos feitos nos últimos seis meses", disse o sindicato em nota.

Os lançamentos em São Paulo subiram 13 por cento ante maio de 2013, a 2.681 unidades, de acordo com dados da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), disse o Secovi.

Nos primeiros cinco meses do ano, as vendas de 7.982 unidades foram 41,4 por cento inferiores às do mesmo período de 2013. Os lançamentos caíram 14 por cento, a 8.947 unidades.

Os resultados até maio foram provavelmente influenciados por grandes eventos como Carnaval em março, mudança no calendário das férias escolares e Copa do Mundo, avaliou o Secovi.

"No entanto, existe a tendência de o mercado imobiliário se recuperar no segundo semestre com maior volume de lançamentos e produtos pouco explorados nos últimos anos, como imóveis de 3 e 4 dormitórios", disse o presidente do sindicato, Emílio Kallas.

Fonte: Exame