Vendas de materiais de construção cresceram 5,41%

Com isso, o setor está próximo da previsão traçada pela Abramat para o fechado do ano, que é de crescimento de 12 por cento sobre 2009.

As vendas de materiais de construção no Brasil cresceram 5,41 por cento em novembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta sexta-feira a associação nacional do setor, Abramat. Já em relação a outubro, o varejo de materiais registrou queda de 1,76 por cento.

Nos 11 meses até novembro, o setor acumula expansão de 12,6 por cento nas vendas ante igual intervalo em 2009, segundo a entidade.

Com isso, o setor está próximo da previsão traçada pela Abramat para o fechado do ano, que é de crescimento de 12 por cento sobre 2009.

Em 2011, essa elevação deve ser de entre 10 e 12 por cento, já considerando a prorrogação na desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

No final de novembro, o governo federal prorrogou por mais um ano a desoneração do IPI para 45 itens de materiais de construção, benefício que terminaria em 31 de dezembro.

No mês passado, as vendas de materiais de acabamento tiveram crescimento na comparação anual de 13,32 por cento, enquanto as de materiais básicos registraram expansão de apenas 1,15 por cento.

"Isso acontece porque, em 2008, houve o início de muitas obras, com o subsequente consumo elevado de materiais de base. Agora, muitos desses empreendimentos estão sendo entregues", afirmou em comunicado o presidente da Abramat, Melvyn Fox.

O nível de emprego na indústria de materiais também aumentou em novembro na relação anual, com alta de 10,88 por cento. Sobre o mês anterior, o emprego subiu 0,53 por cento.

Fonte: g1, www.g1.com.br