Vendas de tablets superam as de netbook pela 1° vez, diz pesquisa

Vendas de tablets superam as de netbook pela 1° vez, diz pesquisa

A estimativa da ABI é de que 32 milhões de netbooks sejam entregues pelos fabricantes neste ano, contra 60 milhões de tablets.

No segundo trimestre deste ano, o volume de tablets entregue pelos fabricantes para venda em todo o mundo ultrapassou, pela primeira vez, o de netbooks, segundo pesquisa da consultoria ABI Research. Foram 13,6 milhões de tablets contra 7,3 milhões de nebooks.

No primeiro trimestre, os netbooks ficaram à frente dos tablets: 8,4 milhões de unidades contra 6,4 milhões de tablets.

"Essa é uma tendência que não acreditamos que será revertida", escreveu Jeff Orr, analista da ABI, em comunicado. "Como os dispositivos ocupam categorias diferentes, isso não representa um comportamento de substituição, mas uma mudança de liderança para o tipo de dispositivo mais interessante." Impulsionando o consumo dos tablets está o iPad 2, da Apple, com 68% do mercado.

"Os tablets são percebidos como sendo de uso mais fácil, comparado à interface com teclado e mouse dos netbooks. Aqueles que dispensaram o PC por ele ser mais difícil de ser usado veem os tablets como uma oportunidade para acessar a internet. O custo, no entanto, não é uma razão para o consumidor comprar um tablet, já que o preço médio de um aparelho é de US$ 600, e um netbook custa metade disso", escreveu Orr.

A estimativa da ABI é de que 32 milhões de netbooks sejam entregues pelos fabricantes neste ano, contra 60 milhões de tablets. Os netbooks ainda têm demanda em países com baixa penetração de PCs e de internet em banda larga. Os tablets atenderão mercados como a Europa Ocidental, os EUA, o Japão e a Coreia do Sul.

Fonte: Folha.com