BR: Vendas no comércio crescem 2% e tem maior resultado em 18 meses

É o maior resultado desde janeiro de 2012, segundo a pesquisa

O volume de vendas do comércio varejista do país cresceu 1,9% em julho, na comparação com o mês anterior, na série com ajuste sazonal, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira (12). Quanto à receita nominal, foi verificada alta de 2%.

De acordo com o IBGE, esse é o maior resultado desde janeiro de 2012 (2,8%) quanto ao volume de vendas. Para a receita nominal, é a maior variação desde junho de 2012 (2,4%).

Na comparação com julho de 2012, as vendas avançaram 6% e a receita nominal, 13,8%. Já no acumulado no ano, o volume de vendas subiu 3,5% e a receita nominal, 11,6%. Em 12 meses, as vendas cresceram 5,4% e a receita, 12,2%.

De todas as atividades pesquisas pelo IBGE, oito viram suas vendas aumentarem, com destaque para tecidos, vestuário e calçados (5,4%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (3,9%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (3,5%) e móveis e eletrodomésticos (2,6%). Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que têm peso siginificativo sobre o índice, avançou menos que os outros: 1,8%).

Na outra ponta, tiveram resultados negativos os ramos de combustíveis e lubrificantes (-0,4%) e veículos e motos, partes e peças (-3,5%).

Fonte: G1