Versão 2011 do Classic chega às lojas por R$ 28.940

Versão 2011 do Classic chega às lojas por R$ 28.940

Sedã pequeno traz mudanças no visual e novos pacotes de equipamentos.

Após quase 15 anos sem muitas novidades, o Chevrolet Classic – antigo Corsa Sedan que ganhou o nome em 2004 – recebe sua primeira reestilização profunda. A versão 2011 já está à venda por R$ 28.294 com mudanças concentradas apenas no visual e no pacote de opcionais. O sedã pequeno traz novos para-choques, capô, grade frontal dividida em duas, novos faróis dianteiros (que se assemelham ao do Prisma) e novas lanternas traseira que invadem a tampa do porta-malas. A lateral conta com maçaneta e retrovisor na cor do veículo e moldura nas portas. A carroceria tem também repetidor de seta sobre os pneus dianteiros.

O Classic é oferecido apenas na versão LS (nova nomenclatura que estreou no Agile e será adotada na nova linha de produtos da marca) e em cinco configurações diferentes disponíveis apenas com o motor flex 1.0 de 78 cavalos com álcool ou 77 cavalos com gasolina. Chevrolet Classic 2011 A cabine tem poucas novidades. O painel de instrumentos ganhou novos grafismos e o revestimento dos assentos tem novos desenhos. De série são oferecidos desembaçador elétrico do vidro traseiro e preparação para som. Para equipar o modelo, estão disponíveis quatro pacotes. O Estilo tem faróis com máscara negra, protetor de soleira, rodas de alumínio aros 13 e 14 polegadas e lâmpada azul (Blue Vision) para o farol e faróis auxiliares. O kit Conforto traz alça de segurança do teto, acendedor de cigarros, cinzeiro, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, alarme com controle remoto, quebra-sol direito com espelho, calha de chuva, geladeira e cabide. Já o pacote Proteção inclui adesivos refletivos, tapetes de carpete e borracha e protetor de carter e no Entretenimento são oferecidos sistema de som, alto-falantes dianteiro e traseiro de 45W e 60W e sistema de navegação GPS. A lista de opcionais inclui ainda ar quente, ar-condicionado e o sistema de som PRDS que traz informações sobre revisões e manutenções do carro e resumo de notícias no display. Com o ‘novo’ Classic a marca espera aumentar em 20% a venda do modelo, subindo para 11 mil unidades por mês, meta que se alcançada fará do Classic o veículo mais vendido da marca no país. O sedã pequeno já vendeu 1,015 milhão de unidades entre o seu lançamento em dezembro 1995 até final de março de 2010. O montante fica atrás atualmente da versão sedã do Chevette que atingiu a marca de 1,065 milhão de unidades.

Fonte: g1, www.g1.com.br