Ed Motta viaja do Rio de Janeiro a São Paulo de carro para evitar público em aeroporto

Com essa atitude, Ed não teve contato direto com as pessoas e só comunicou no palco durante sua apresentação em uma casa de shows da capital paulista

Ed Motta ainda está colhendo os frutos de sua declaração na internet, quando na semana passada o cantor viajou do Rio de Janeiro a São Paulo de carro para evitar polêmica com passageiros da ponte aérea.


Com essa atitude, Ed não teve contato direto com as pessoas e só comunicou no palco durante sua apresentação em uma casa de shows da capital paulista.

Ainda para tentar minimizar a crise, o cantor tentou justificar a sua fala dizendo que não é "possível" que imigrantes brasileiros nos EUA "não saibam o básico de inglês".

Durante seu show em São Paulo, Ed usou um relógio branco, o qual condenou em sua declaração na internet, e abriu o repertório cantando 'Manoel'.

A polêmica envolvendo Ed Motta começou no último dia 9 de abril quando o cantor, ao anunciar sua nova turnê na Europa, deu um aviso a seu público: "É importante frisar: não tem músicas em português no repertório. Eu não falo em português no show. Preciso me comunicar de forma que todos compreendam, o inglês é a língua universal. Então, pelo amor de Deus, não venha com um grupo de 'brasuca' berrando 'Manuel' porque não tem. E muito menos gritar 'fala português, Ed'. O mundo inteiro fala inglês. Não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de ingles. Vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil, público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa gritar nome de time. Esse não é um show para matar a saudade do Brasil. Esse é um show internacional".

 

Fonte: MSN