Ela atrapalhava minha vida, diz adolescente que confessou ter matado a filha a pedradas

Menina de um ano e meio foi morta a pedradas no último domingo (14)

Uma adolescente de 17 anos confessou ter matado a filha de apenas um ano e meio a pedradas na cidade de Rio Largo, região metropolitana de Maceió, em Alagoas. O delegado Antônio Edson afirmou que ela disse que a criança ?atrapalhava a vida?, já que o pai não assumiu e a família não a aceitava.

O corpo de Karine Daniele Gouveia foi achado na noite de domingo (14) em uma ponte da cidade. Inicialmente, a mãe disse que suspeitos em um carro levaram a menina. Depois, um homem a pé. O delegado disse que além das controvérsias nos depoimentos, a roupa da adolescente estava suja de sangue.

Questionada, ela acabou confessando o crime e disse que acertou três pedradas na criança e depois colocou o corpo na ponte. A pedra tinha cerca de quatro quilos. O delegado concedeu entrevista coletiva na tarde de terça-feira (16).

A mãe apresentou frieza, segundo ele, e argumentou que toda a vida mudou depois da gestação e que ela e a filha estavam sofrendo muito. Por ser menor de idade, ela responderá apenas com medida socioeducativa e ficará detida na aos cuidados da Promotoria da Infância e da Juventude de Rio Largo.

Fonte: r7