"Ele era meu sonho", diz pai de bebê morto ao comer chumbinho

"Ele era meu sonho", diz pai de bebê morto ao comer chumbinho

Garoto de onze meses ingeriu veneno colocado em pedaços de calabresa. Ele completaria um ano no dia 24; festa já estava sendo preparada

O corpo do bebê de 11 meses que morreu ao ingerir chumbinho na manhã de segunda-feira (17), em Vila de Abrantes, localidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, foi liberado do Instituto Médico Legal. Segundo familiares, o enterro acontece na tarde desta terça-feira (18).

De acordo com a polícia, os pais do garoto esconderam o veneno em pequenos pedaços de calabresa, que serviriam de isca para matar ratos na casa em que moram.

"Ele era meu sonho, meu primeiro filho", diz André Souza, pai do bebê. "Eu não tenho palavras para descrever. Meu coração está dilacerado, arrasado. Você está com um bebezinho dentro da barriga, fazendo planos e o vendo acordar a cada dia sorrindo, esticando o seu cabelo, brincando", lembra a mãe da criança, Eliana Santos.

Ainda segundo informações policiais, a criança teria descido da cama onde dormia com os pais e engatinhado até a cozinha, onde engoliu o veneno, que estava disposto em um pote, no chão da cozinha e serviriá como isca para matar ratos. Os pais da criança teriam informado em depoimento que ao encontrar o garoto, ele ainda estava ativo e foi levado para um posto médico da região, onde passou pelos procedimentos de lavagem estomacal.

O quadro de saúde da criança se agravou durante o atendimento e ela não resistiu à intoxicação. Os pais do garoto registraram um boletim de ocorrência na 26ª Delegacia Territorial de Vila de Abrantes, onde se mostraram bastante abalados com a perda. "Estavam acabados, foi uma fatalidade. A criança completaria um ano no dia 24 deste mês, já estavam com o material da festinha de aniversário comprado", diz um policial da unidade.

Fonte: G1