Dois são presos após fotografarem a urna em votação de Parnaíba

Os detidos estavam tirando foto no momento da votação.

Na tarde deste domingo (02), duas pessoas foram detidas e levadas até a sede da Polícia Federal em Parnaíba. De acordo com informações do major Adriano de Lucena, os detidos estavam fotografando a urna no momento da votação.

“A lei eleitoral estabelece que é um crime eleitoral a violação do sigilo do voto, então a lei determina a condução para a Polícia Federal, como é um crime de menor potencial ofensivo aqui se lavra o termo circunstanciado de ocorrência tem sua liberdade estabelecida e irão posteriormente se for o caso responder o processo”, declarou o major.

Ainda de acordo com o centro de monitoramento que foi organizado pelo governo do Estado para acompanhar as eleições no que diz respeito a violência e outros serviços que são fundamentais para que as eleições ocorram em clima de tranquilidade, sete pessoas foram autuadas em Gilbués e na cidade de Barras um mandado de busca e apreensão foi realizado em uma casa que pertence ao ex-prefeito Manin Rego, onde uma mulher foi presa.

Major Adriano de Lucena (Crédito: Reprodução)
Major Adriano de Lucena (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte