Piauí: Empresário é preso com R$ 300 mil em bolsas e na cueca

O boletim da polícia nesse domingo está recheado de ocorrências.

O secretário de segurança Fábio Abreu fez um balanço das apreensões e prisões já ocorridas no Piauí neste domingo de eleição. No município de Colônia do Piauí o secretário de finanças Mauricio Tapety, foi preso com R$ 7 mil. Na cidade de Marcos Parente, um empresário foi preso com R$ 300 mil, de acordo com informações, o dinheiro estava em bolsas e na sua cueca.

Em José de Freitas, cinco pessoas foram detidas. Em Curimatá, uma pessoa que estava acompanhando o prefeito também foi detida com uma quantia de R$ 700 que não soube explicar sua origem e motivação. Em Campo Maior, foi registrada a prisão do candidato a vereador Tiago Carvalho, da cidade de Sigefredo Pacheco. No município de Jatobá do Piauí, a polícia realizou apreensões e encontrou uma lista com nome de eleitores que estariam recebendo abastecimento gratuito.

Também em Jatobá do Piauí, uma ocorrência inusitada foi registrada. O candidato a vereador Valdek Macedo, do PTB, fez toda sua campanha eleitoral com o número 14111, só que apenas no dia da votação ele descobriu que o seu número de registro é 14567, então os eleitores se confundiram ao digitar o número na urna e o fato acabou criando uma confusão.

Fonte: Portal Meio Norte