Rede Meio Norte realiza debate com candidatos a prefeito de Timon

O confronto de ideias foi mediado pela jornalista Maia Veloso

Atualizado às 23h58 - 4º bloco - Considerações finais

O quarto bloco foi destinado para as considerações finais do último debate realizado pela Rede Meio Norte, com os candidato à prefeitura de Timon. Os candidatos agradeceram a oportunidade pelo confronto de ideias e pediram votos para a população no primeiro turno das eleições municipais, que acontecem no próximo domingo, dia 2 de outubro.

O candidato Luciano Leitoa foi o primeiro a se pronunciar: “Ser prefeito de Timon requer muita seriedade, respeito, sem deboche, e essa conduta de respeito é mercada por minha gestão. Não tenho sombra de dúvidas que se o cidadão me permitir, vamos continuar esse trabalho e agora com o apoio do governo federal e peço seu voto para que possamos continuar levando Timon para frente”, disse.

Alexandre Almeida aproveitou a oportunidade para pedir votos para população. “Peço uma oportunidade para chegar a prefeitura e fazer uma transformação e mudar a vida do timonense. Queremos investir na juventude, na geração de emprego e renda, por isso conto com seu voto para chegar lá e fazer essa mudança”, finalizou.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)

Atualizado às 23h48 - 3º bloco (segunda rodada)

Na segunda rodada  do 3º bloco os candidatos continuaram respondendo perguntas de internautas. Alexandre Almeida deu início respondendo pergunta da internauta Joana Guerra: "Por que o senhor se uniu com o grupo de pessoas que criticavam a sua atuação?".

"Antes das convenções nos tínhamos cinco candidaturas, nós fomos convidados para uma reunião com todos esses pré-candidatos e lá foi combinado que o melhor caminho seria todos abrindo mão de suas candidaturas e se unindo por Timon. Sem nenhuma exigência, sem pedir nada em troca, aceitamos essa união e eu fico muito feliz porque nós conseguimos reunir forças políticas muito importantes para quando chegarmos a prefeitura realizarmos uma grande administração. Essa união é para o seu bem timonense", respondeu.

No comentário, Luciano Leitoa afirmou que um político tem que ter postura, não se pode querer o poder o tempo todo. "Nosso grupo político nunca mudou de posição, já tivemos vários momentos para se aliarmos com eles e não mudamos. Quem não lembra do deputado dizendo que não tinha retorno da Socorro e pensando pelo poder ele vem colocar aqui dizendo que foi para unir? A população não é burra", disse. Na sua réplica, Alexandre apontou: "Incomoda para ele saber que nós somos competentes, que nós somos capazes de se unir, eu garanto que nenhum acordo foi feito porque afinal de contas nós não podemos fazer acordo com algo que a gente não sabe se é possível", disse o candidato. Luciano terminou sua fala apontando que o deputado já mudou cinco vezes de partido e precisa tomar uma posição.

Em seguida, o candidato a reeleição Luciano Leitoa respondeu a pergunta da internauta Marcela Marques: "Minha região está sofrendo com a falta de pavimentação como pretende resolver?".

"Vamos resolver através de recursos de deputados, com o próprio governador Flávio Dino, o candidato que se apresenta aqui entrou com uma ação para paralisar os recursos que o governador repassa, mas estamos lutando e é nesse sentido que nos vamos conseguir fazer o prolongamento da avenida Piauí, prolongamento que vai emendar a BR-316 com BR-226.  Nós conseguimos recuperar 574km da zona rural e é nessa forma que vamos conseguir avançar através do apoio do governo, espero que o deputado Alexandre não entre com ação para impedir isso", respondeu Luciano.

No comentário, Alexandre alfinetou a oposição: "É lamentável ver o candidato faltando com a verdade, ficar dizendo que eu atrapalhei o projeto da avenida Piauí, essa política de ficar plantando histórias é terrível. O candidato não fez um metro de calçamento e vem se lamentar", disse. Na sua réplica, Luciano afirmou que os timonenses já conhecem o deputado e a forma como ele conduz a vida pública: "Volto a repetir, foram sete partidos, o político tem que ter conduta, nós sempre fomos oposição", destacou.

Para finalizar, Alexandre falou: "É uma coisa muito revoltante dizer que eu impedi três secretarias, isso é um absurdo. E ele agora fica procurando historia porque não consegue prestar contas do seu mandato, ele não consegue dizer porque não fez calçamentos com o recurso que recebeu".

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)

Atualizado às 23h34 - 3º bloco (primeira rodada)

No terceiro bloco, os candidatos responderam as perguntas de tema livre enviadas pela população através das redes sociais do Grupo Meio Norte de Comunicação, o primeiro candidato a responder foi Luciano Leitoa, que respondeu a pergunta da internauta Kenia Freitas, a respeito da extensão da avenida Piauí, que não foi concluída durante a sua gestão.

“Na realidade, a primeira parte da extensão da avenida Piauí se iniciou e foi concluída. A segunda parte do projeto custa R$ 9 milhões e será executada, mas nós não queremos fazer só a avenida Piauí, mas também outras avenidas e ruas da cidade de Timon, pois a cidade estava com as ruas cheias de buracos deixadas pela antiga gestão e nós já conseguimos dá um largo salto em relação a mobilidade urbana da cidade de Timon”, enfatizou.

Alexandre Almeida, disse em seu comentário, que sua forma de trabalhar é independente e fará a transformação da cidade com ideias próprias. Na réplica, Luciano Leitoa, disse que sempre lembra o nome da ex-prefeita Socorro Waquin, como aliada de Alexandre Almeida, porque no passado, o candidato chegou a dizer que não era do seu lado. “Agora o senhor chega aqui e nem treme a cara para falar que está do lado da professora Socorro Waquin”, destacou.

“Eu não tenho compromisso com o passado, mas com o futuro de Timon. O candidato não conseguiu fazer uma obra de alargamento mesmo tendo mais de R$ 1 bilhão de recursos para investimento ”, disse Almeida, na tréplica.

Leticia Mendes foi a internauta que perguntou para Alexandre Almeida sobre seus projetos para o esporte da cidade. “Como prefeito vou fazer uma revolução, o esporte é o braço direito para evolução da cidade, nós iremos iluminar todas as ares rurais que tem algum campo, vamos fazer manutenção em todas as quadras da cidades, para deixar a juventude longe do mundo dos crimes e criar um clube social”, disse.

No comentário, Luciano Leitoa, declarou que as propostas do candidato Alexandre Almeida são “terríveis”. “Quem ouve o candidato falando, pensa que ele vai resolver tudo sozinho, não nós precisamos vender ilusões, mas trazer soluções”, acrescentou. Na réplica, Alexandre Almeida disse que essa é a grande diferença entre ele e Luciano Leitoa, que acredita que é possível fazer grandes obras na cidade, com a construção do primeiro clube social.

Luciano Leitoa revelou que só com salários de professores foram pagos R$ 9 milhões, além de outras necessidades mais urgentes para propor uma cidade mais justa. “É preciso entender que o país passa por um momento de crise financeira e precisamos priorizar o que é fundamental para a cidade poder funcionar”, pontuou.

Atualizado às 23h22 - 2º bloco (segunda rodada)

Dando continuidade a segunda rodada do segundo bloco, o candidato Alexandre Almeida respondeu a pergunta de Denilson Carvalho, político da coligação de Luciano Leitoa: "Quando você é questionado sobre o destino das emendas que tem direito você sempre responde com recursos do BNDES, para onde destinou as emendas que teve direito nos seis anos de mandato?".

"Todos os meus recursos foram para obras em Timon, quando somos deputado visitamos as secretarias e pouco importa qual é a natureza do recurso, o importante é a obra acontecer no município. A escola de musica é fruto de emenda parlamentar, o sistema de videomonitoramento é outra realidade, demos R$ 900 mil para construção de novas viaturas, temos projetos esportivos, culturais, obras estruturantes como escola de ensino médio, reforma e ampliação do batalhão da polícia militar de Timon, o Parque Empresarial que tanto o prefeito diz que é uma obra da sua administração foi uma conquista nossa", respondeu.

No seu comentário, Luciano Leitoa afirmou que existe uma diferença entre os recursos do BNDES e as emendas individuais do deputado. "Nas emendas individuais ele não colocou um real para que pudesse ajudar a cidade de Timon. Referente ao polo empresarial foi uma ajuda de vários recursos, a prefeitura gastou mais de R$ 6 milhões para organizar famílias, e aquele lixo que antes existia no local do polo, e é por isso que ele é o único por nossa determinação que funciona na cidade de Timon", disse.

Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)

Na réplica, Alexandre afirmou que o Parque Empresarial foi inaugurado há mais de dois anos e não tem nenhuma empresa instalada. "O único empreendimento que existe está fora. Na área da saúde é com muita tranquilidade que eu mais uma vez digo que foi uma conquista nossa, vou falar da UPA que foi inaugurada com o meu trabalho, e hoje você sabe como está a UPA, quando era administrada pela minha equipe, hoje é administrada pelo grupo do atual prefeito e se encontra dessa forma", destacou.

Na tréplica, Luciano apontou que a saúde do município conseguiu avançar dentro daquilo que era possível. "A saúde de Timon é modelo e dessa forma temos avançado bastante", declarou.

Em seguida, Luciano Leitoa respondeu a pergunta do político Antunes, da coligação de Alexandre: "O nosso município tem inúmeras pessoas na fila para fazer cirurgia. O que o senhor está fazendo com os recursos do ministério da saúde que entra na cidade?"

"O que tem faltado na realidade é recursos para fazer mais investimentos, eu acho que muita gente lembra que o Firmino era deputado no Piauí e eu deputado no Maranhão, fizemos uma assembléia onde o deputado Alexandre trabalhou para que ela não acontecesse. Hoje nós temos a regulação de Timon com Teresina e atende a 27 municípios do Maranhão, temos feito esse investimento que é importante e não sou subserviente em nenhum governo, sou aliado e o que é aliado ajuda, é por isso com muita alegria hoje que o estado do Maranhão paga R$ 330 mil por mês para ter o tratamento de paciente com oncologia em Teresina onde muita gente já morreu na fila de espera", respondeu o candidato.

No comentário, Alexandre Almeida afirmou que oncologia não é competência do município. "Quando ele fala foge da responsabilidade que é dele, ele não fala da fila de madrugada, não fala sobre a pergunta onde falta seringa, medicamento nos hospitais, não fala da saúde da cidade, Caxias está dando de goleada em relação a Timon na questão da saúde", disse. Na réplica, Luciano Leitoa afirmou que Caxias tem uma força política para atuar na cidade e acrescentou: "Eu fico vendo você tentar aproveitar da problemática das pessoas para se promover. Infelizmente o deputado sempre prefere no momento da eleição ter a solução para tudo, é amigo de todo mundo e quando termina ele vai para São Luis e é por isso que ele não ajuda a população fora do período eleitoral", alfinetou.

Para finalizar, Alexandre respondeu: "Eu moro em Timon, do lado da prefeitura. Eu fico muito triste quando eu vejo um candidato apelando para mentiras. Você viu o candidato dizendo que Caxias tem força política e Timon não tem? Timon deu mais votos para o governador do que Caxias e Caxias recebeu em 2015 mais de R$ 20 milhões para a saúde, Timon recebeu apenas R$ 2 milhões", disse.

Atualizado às 23h01 - 2º bloco (primeira rodada)

No segundo bloco, os candidatos responderam as perguntas de candidatos a vereadores das coligações adversarias com tema livre e de rodada dupla. O primeiro a ser sorteado a responder foi o candidato Luciano Leitoa e respondeu a pergunta do candidato Pedro Augusto, sobre possíveis doações irregulares na sua campanha.

“Foi com muita surpresa que eu vi o video em que o candidato Alexandre Almeira aparece afirmando que eu recebi mais de duas mil doações irregulares e isso não é verdade. Todas as doações que recebi estão dentro da lei e todas as pessoas que doaram são compatíveis com a lei e o deputado Alexandre quer colocar isso como se fosse uma verdade, tanto é verdade que o juiz eleitoral mandou retirar essa parte da sua campanha eleitoral e eu fiquei muito surpreso com esse posicionamento, já que o candidato é um advogado”, revelou.

Com o direito a comentar a resposta, Alexandre Almeida, disse que foi a própria Justiça Eleitoral que mostra que o Luciano Leitoa recebeu quase 3 mil doações irregulares. “Não fui eu quem disse isso, mas a própria Justiça Eleitoral que nos mostrou isso e eu como advogado coloquei isso para a população”, afirmou.

Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)

Na réplica, Luciano Leitoa, pediu para que o seu adversário politico sabia concorrer as eleições nas urnas e pare de criar factoides. “Timonense a própria Justiça Eleitoral está investigando sim e fica inventando boatos para que vocês não fiquem sabendo e recebeu, inclusive, doação de beneficiários do Bolsa Família”, declarou.

O candidato Luciano Leitoa escolheu o candidato Joarez Morais, que perguntou sobre as suas ações para a educação do município na época em que Roseana Sarney era governadora e muitos alunos tiveram que

“Eu estava defendendo os interesses de Timon, e nesse mesmo período nós criamos 10 escolas para poder fazer o ensino fundamental e isso é uma realidade. A gente faz política com muita seriedade e trabalhamos muito para levar desenvolvimento para Timon”, acrescentou.

No seu comentário, Luciano Leitoa, se diz impressionado com a fala do deputado. “Parece que o senhor fez tudo sozinho, mas é preciso lembrar de muitos avanços nas escolar,o senhor tem que viver mais na cidade de Timon, nós temos 26 mil crianças estudando em salas com ar-condicionado”, afirma.

Alexandre Almeida, na réplica, disse que o Centro da Juventude é o retrato da sua boa gestão enquanto deputado em parceria com a antiga gestão estadual. Na tréplica, Luciano Leitoa, ressaltou que o candidato do PSD é bastante contraditório.

Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)


Atualizado às 22h45 - 1º bloco (segunda rodada)

Na segunda rodada de perguntas, Alexandre Almeida perguntou para o candidato Luciano Leitoa a respeito da privatização da água em Timon e se a tarifa de água é justa ou injusta. “Eu gostaria de pedir para o candidato se acalmar e a tarifa de agua foi planejada, pois não poderíamos deixar Timon sem agua e hoje não temos mais esse trabalho e o preço cobrado se refere a uma tarifa social e temos hoje uma Timon que não falta água e não vamos parar por ai”, disse.

Na sua réplica, o candidato Alexandre Almeida, disse que o candidato não o respondeu e por isso tem como proposta a redução da tarifa de água em 30%. “Eu entendo que essa tarifa é injusta e além disso cobraremos uma água de qualidade e essa história vai mudar”, afirmou. No direito a treplica, Luciano Leitoa, destacou que o candidato Alexandre Almeida tem dois posicionamentos, pois no passado votou a favor do aumento da redução da tarifa de água.

Com a oportunidade de questionar, o candidato do PSB, se dirigiu ao candidato Alexandre Almeida, sobre a perseguição ao governador do Maranhão, Flávio Dino, com relação a uma ação que colocou na justiça tentando impedir a aplicação da pavimentação asfáltica no município de Timon.

"O candidato falta com a verdade ao dizer que estou tentando perseguir o governador, tanto que perdeu o direito a uma parte do seu programa eleitoral. O que de fato existiu é que nos entramos com uma ação com a forma que está sendo colocado o asfalto, no turno da noite, sem preparação, sem cuidados. Nós preservamos o direito público, nós precisamos cuidar do dinheiro do povo”, disse.

Luciano Leitoa, disse, na réplica, que durante todo sua gestão foi inconsequente com o dinheiro público. “O senhor gosta muito de entrar na Justiça e precisa ser mais coerente com as suas propostas”, disse. Já na tréplica, Alexandre Almeida disse que Luciano Leitoa votou contra diversas obras que seriam frutos do empréstimos junto ao BNDES, como a construção do Parque Empresarial e asfaltamento da cidade. “A gente quer o seu bem timonense”, falou.

Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)

Atualizado às 22h35 - 1º bloco (primeira rodada)

Nesta quinta-feira (29/09), a Rede Meio Norte realiza o debate com os candidatos a prefeitura de Timon (MA), Luciano Leitoa do PSB da coligação 'Juntos para fazer mais' e Alexandre Almeida, do PSD da coligação 'Unidos Somos mais Fortes' onde os gestores poderão explanar suas propostas e ideias em um confronto de perguntas feitas pela produção, entre si e através dos internautas.

No primeiro bloco do debate candidato pergunta para candidato com tema livre e rodada dupla. O primeiro candidato a perguntar foi Alexandre Almeida que questionou Luciano Leitoa porque ele não cumpriu com as várias promessas que fez há quatro anos atrás. "Há quatro anos tivemos uma eleição em que o candidato se elegeu prefeito fez várias promessas e quatro anos se passaram e infelizmente ele não fez. O que você tem a dizer para a população?", questionou.

Em resposta, Luciano Leitoa afirmou que Alexandre Almeida não ajudou a cidade com nenhuma emenda durante todo esse tempo. "Durante os dois primeiros anos eu queria que você colocasse pelo menos uma emenda sua para ajudar na cidade de Timon, colocou para outros municípios mas nada para nossa cidade. Nós fizemos fizemos o que era possível. Hoje nós vamos reorganizar a saúde do município de Timon, reformamos hospitais, não adianta você colocar coisas que você não ajudou, fiz aquilo que era possível fazer, inclusive pagando salários em dias que sua aliada deixou três meses de salário atrasado, fiz o que dava para fazer dentro das condições", respondeu.

Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)

Na réplica, Alexandre destacou: "Não é verdade, eu coloquei muitas emendas como o Parque Empresarial, o sistema de video monitoramento. Mas quero falar dos recursos municipais,  você recebeu mais de R$ 1 bilhão que entraram na cidade e o candidato não cumpriu uma promessa sequer, é tanto dinheiro que a gente ás vezes nem acredita, mas foi esse valor que ele teve para administrar e não cumpriu nenhuma promessa", afirmou.

Em sua tréplica, Luciano afirmou que usou esse dinheiro para pagar a folha que a aliada do candidato da oposição deixou atrasada.

Dando continuidade, o candidato a reeleição Luciano Leitoa questionou Alexandre Almeida o motivo que levou o candidato a mudar de partido cinco vezes. Na sua resposta, Alexandre afirmou que muda de partido para o bem da população de Timon. "Você também já mudou de partido, podemos mudar, a legislação permite, não pudemos mudar é de ideias, de propostas, e é assim que eu faço política, eu não posso ficar preso em uma situação se não for para ajudar a população de Timon, porque acima de tudo está o seu interesse eleitor. O primo do candidato fez uma postagem no Facebook dizendo uma mesma história, que eu não coloquei emenda por Timon, mas isso não é verdade, nós trabalhamos muito pela cidade", respondeu.

"Eu estou há 14 anos no meu partido, ele falou e não respondeu as cinco mudanças partidárias e isso de certa forma define muito o perfil do candidato, viu que ele tentou fugir da pergunta, mudou de assunto. Não colocou um real para a cidade de Timon e quer mudar de assunto no questionamento", falou Luciano na réplica. Em sua tréplica, Alexandre Almeida repetiu: "Aqui está mais uma diferença, se for para o seu bem eleitor eu não tenho dificuldade de mudar de partido, o mais importante para mim é o seu bem estar, que esperam por compromissos e é exatamente essa história que queremos mudar", destacou.

Candidatos chegam para debate na Rede Meio Norte

O candidato do PSD a prefeitura de Timon Alexandre Almeida, foi o primeiro a chegar para participar do último debate realizado pela Rede Meio Norte, referente ao primeiro turno das eleições municipais de 2016, na noite de quinta-feira (29).

O confronto de ideias foi mediado pela jornalista Maia Veloso.  Além de Alexandre Almeida, participa do debate, o atual prefeito de Timon, candidato à reeleição, Luciano Leitoa (PSB).

Alexandre Almeida disse que a sua expectativa em relação ao debate é de reafirmação das propostas que fez durante campanha eleitora, e, sobretudo proporcionar ao eleitor timonense, a possibilidade de avaliar as ideias, a sua forma de pensar e as propostas para mudar Timon.

“A população também vai ter a oportunidade de avaliar o que não foi feito pelo prefeito candidato à reeleição”, declarou Alexandre Almeida.

Alexandre Almeida  (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida chega para debate na Rede MN (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida chega para debate na Rede MN (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida chega para debate na Rede MN (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida chega para debate na Rede MN (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa e Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa e Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)

Luciano Leitoa também chega no debate da Rede Meio Norte

O candidato à reeleição a prefeitura de Timon Luciano Leitoa, afirmou que durante esse final de campanha vai mostrar todo trabalho que realizou na Prefeitura de Timon e agora ficará a cargo da população avaliar quem melhor pode ficar realmente da prefeitura.

Sobre a possibilidade do candidato Alexandre Almeida colocar em debate as obras que não  foram realizadas, Luciano Leitoa destacou que é visível para toda população o momento de crise que o país enfrenta.

“Infelizmente só se faz obra com dinheiro e nesse momento de crise está difícil, o dinheiro está escasso, os repasses estão diminuindo e como sempre figo, nos meus primeiros dois anos de gestão eu governei sem ajuda de governo do Estado e de deputados estaduais e federais. A população sabe que eu fiz o que estava ao meu alcance”, considerou.

Luciano Leitoa chega para debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa chega para debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa e Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa e Alexandre Almeida (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa chega para debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Luciano Leitoa chega para debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bastidores do debate da Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)

Participaram desta cobertura os repórteres Mayara Dias e Waldelúcio Barbosa






Fonte: Portal Meio Norte