Rede Meio Norte realiza debate com os candidatos a prefeito de THE

A tarde desta quarta-feira foi marcada por um confronto de ideias

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nas considerações finais do último debate realizado pela Rede Meio Norte, com os candidato à prefeitura de Teresina, os candidatos agradeceram a oportunidade pelo confronto de ideias e pediram votos para a população no primeiro turno das eleições municipais, que acontecem no próximo domingo, dia 2 de outubro.

O candidato Dr. Pessoa foi o primeiro a falar e destacou que foi bem aceito por todas as comunidades que passou. “Eu quero agradecer a todos vocês por esse espaço democrático, essa discussão de hoje achei de muito resultado, o internauta ouviu as nossas propostas. Quero agradecer ao povo de Teresina por ter me aceitado nas comunidades, agradecer acima de tudo a Deus ter me dado essa força porque disseram por aí que eu não ia aguentar. Também quero agradecer a minha militância”, disse.

Em seguida, Amadeu Campos, se pronunciou. “Quero agradecer a Rede Meio Norte principalmente a você que em casa nos acompanhou, agradecer a Deus pela força que ele tem me dado porque disseram que eu sou cadeirante, que eu ia desistir, já que a campanha dá muito trabalho e eu tenho feito agendas de domingo a domingo. Com isso nós vamos até o dia 2 de outubro, o dia da mudança, onde nós vamos apertar 14 Amadeu. Estaremos juntos para construir uma cidade a altura de Teresina e do jeito que o povo merece, para construir uma vida melhor para cada um”, falou.

O candidato a reeleição, Firmino Filho, também fez suas considerações finais. “Nesse dia 02 de outubro nós vamos renovar nossa fé e esperar um futuro melhor para cidade, fruto do nosso trabalho, do nosso suor, não apenas da nossa geração, mas de gerações anteriores. É importante olhar para o futuro, renovar nossos sonhos, utopias. Queremos mais fé, mais esperança dessa cidade melhor para todos, pedimos para o povo uma vez mais esse voto de confiança para que nós possamos colocar nosso preparo, nossa experiência e nosso cabelo branco a sua disposição para que nós possamos fazer nossa cidade avançar. Vote Firmino prefeito 45”, pediu.

Para finalizar, Quem Quem se emocionou durante o seu discurso ao falar sobre sua mãe, que faleceu durante  sua campanha. “Quero agradecer a Deus, a Rede Meio Norte, ao cidadão que me abraçou pelas ruas de Teresina dizendo que nós sim representamos a verdadeira mudança, porque estamos do lado de duas forças, Jesus Cristo e o povo. Dedico essa eleição e essa campanha a minha mãe que está no meu orgulho”, falou o candidato chorando.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


3º BLOCO  - ATUALIZADO ÀS 15H30

No terceiro e último bloco, os candidatos responderam perguntas feitas pela população através das redes sociais do Grupo Meio Norte. O primeiro sorteado a responder foi o candidato Firmino Filho,  que respondeu a pergunta da internauta Amanda Mendes, sobre sua capacidade de administração sem o apoio de um partido politico grande.

“Nós temos tentando construir uma sustentação política da nossa administração, com uma equipe técnica e competente para fazer a coisa acontecer, como na educação da nossa meninada. Nós temos uma gestão técnica e essa característica vai continuar e nas mais diversas áreas, pois trabalhamos como gestão planejada e temos um modelo de gestão clara em Teresina”, respondeu.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


O candidato Amadeu Campos, comentou a resposta e lembrou que Firmino Filho já foi prefeito por 12 anos e durante esse tempo não conseguiu mudar os problemas de Teresina. “A mudança é com o novo, nós preparamos planos de solução para aqueles problemas que parecem ser eternos, mas tem solução. O que precisa é ter vontade de fazer e como fazer”, disse.

“Todos os cargos que ocupei foi através de concurso público ou pelo voto limpo e consciente do povo de Teresina, estou cada vez mais disposto e vamos fazer muito mais do que já fizemos anteriormente para que Teresina não pare e não retroceda”, destacou. Na réplica, Amadeu Campos, lembrou que muitas promessas foram ditas, mas não consumadas.

O candidato Amadeu Campos respondeu a pergunta sobre mobilidade urbana. “É preciso ter criatividade e vontade para mudar, vamos ter sub-prefeituras em todas as zonas de Teresina, além do trabalho que a SDU já faz, as sub-prefeituras vai prestar serviços para que as pessoas possam resolver seus problemas perto de onde elas moram, sem a necessidade de grandes deslocamentos, fazendo com que as pessoas economizem tempo, dinheiro e até mesmo a vida, já que elas se arriscam durante esses deslocamentos”, destacou.

Em comentário a resposta, Dr, Pessoa, lembrou que a mobilidade urbana começa pelo pedestre, é preciso criar ações que valorizem as pessoas que andam pelas ruas da cidade. Ele disse ainda que é preciso melhorar as paradas de ônibus.

Na réplica, Amadeu Campos disse também que vai trabalhar para garantir o direito de pessoas com deficiência de ir e vir, por conta da falta de acessibilidade. “Será para mim uma prioridade fazer com que as pessoas com deficiência ter uma vida mais independente”, completou. Para Dr. Pessoa, é preciso também ter investimentos nos transporte público como a criação de transporte leves sobre trilhos.

Qual sua opinião sobre os mercados de Teresina? Essa foi a pergunta destinada para o candidato Dr. Pessoa. “Eu andei em vários mercados e percebo que as pessoas não estão satisfeitos, pois precisam de reformas urgentes. No Mercado Central, vamos pedir apoio de parlamentares para trazer uma grande reforma de revitalização. Vamos diminuir as secretarias para sobrar dinheiro e investir nas demais áreas”, ponderou.

No comentário da resposta, o candidato Quem-Quem, lembrou que nenhuma reforma que se iniciou nos mercados não foram concluídas e por isso pretende ouvir os feirantes e consumidores para descobrir o que é preciso ser feito. Na réplica, Dr. Pessoa prometeu criar o Mercado do Trabalhador, com viés forte para as pessoas menos desfavorecidos.

“Nós vamos criar as fazendas comunitárias na área rural de Teresina, vamos fazer uma linha malha e uma central de beneficiamento, bem como garantir o acesso desses produtores ao mercado, oportunizando uma melhora de vida do cidadão”, acrescentou Quem-Quem, no seu direito a tréplica.

O último a responder, foi o candidato Quem-Quem, sobre suas propostas para o esporte. “Nós temos o projeto Teresina Atleta, em que vamos incluir nas escolas os ensinos sobre cada esporte e promover competições entre escolas e formar equipes campeãs, fazendo com que nossa juventude se torne grande atletas, que possam participar de competições nacionais e trazer medalhas para nossa cidade”, acrescentou.

Firmino Filho, comentou a resposta e disse que é preciso investir no futebol amador e entregar quadras esportivas e isso tem sido feito durante a sua gestão. “Vamos entregar ginásios completos e faremos muito mais ao longo dos próximos anos”, disse. Na réplica, Quem-Quem disse que está preparado para enfrentar os grandes grupos políticos.

Já na tréplica, Firmino Filho, garantiu que vai reforçar a bolsa atleta e fortalecer parcerias para está dentro dos investimentos dentro do esporte. “O nosso compromisso é reforçar o incentivo do esporte dentro das escolas municipais”, pontuou.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


2º BLOCO (segunda rodada) - ATUALIZADO ÀS 15H20

Na segunda rodada do segundo bloco quem indicou foi o candidato Amadeu respondendo a pergunta do candidato a vereador delegado Samuel, da coligação do Firmino Filho, que o questionou sobre a educação da cidade.

“Ainda tem muito o que se mudar, nós precisamos ter creches para todas as crianças e de tempo integral, o Elmano deixou sete creches em andamento, infelizmente sete delas estão com obras paradas desde 2014. Nós vamos dar continuidade a essas obras, acelerar para que Teresina tenha creches para todas as crianças em tempo integral como deve ser. A educação para criança do fundamental precisa melhorar muito, nós precisamos de escola com ar condicionado, o meu compromisso é que tenhamos todas as crianças em salas climatizadas”, respondeu.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


No seu comentário, Firmino destacou novos projetos que pretende implantar nas escolas. “No ano passado nós ja conseguimos gerar escolas para toda meninada, vamos expandir muito nos próximos anos, construir mais escolas, temos recursos em caixa para fazer mais 45. Nosso compromisso é entregar para a cidade a educação infantil universalizada e a nossa prioridade é a qualidade da educação pública de Teresina”, disse.

Na réplica, Amadeu afirmou que vai ter uma atenção especial com o principal agente público que o país tem que é o professor. “Eu sou o que eu sou pelos professores que eu tive, eu darei valorização e nós vamos buscar realizar concursos para termos professores que entrem pela porta larga do serviço público que é o concurso”, declarou. Para finalizar, Firmino afirmou que seu compromisso é fazer uma educação de qualidade onde prometeu construir 15 escolas de ensino fundamental de tempo integral, outras 15 pré-escolas e colocar climatização em 100% das escolas.

Em seguida, Firmino respondeu a pergunta do candidato a vereador Cleiton Popular, da coligação do candidato Quem Quem. “Teresina precisa de pessoas que trabalhem de verdade, caso se reeleja você vai cumprir essa carga horária pesada?”.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


“Eu sou eternamente grato ao povo de Teresina que bem cedo nos confiou esse trabalho. Nós temos lutado muito para honrar esse voto de confiança, vamos continuar lutando, já fizemos muita coisa e vamos fazer no futuro, vamos avançar com vários projetos sociais voltados para os idosos, vamos fazer cada vez mais Teresina uma cidade solidária”, respondeu. No seu comentário, Quem Quem afirmou que prometer e não cumprir é igual a mentir e que Teresina precisa de um sangue novo na sua gestão.

Dando continuidade, Quem Quem respondeu a pergunta do candidato a vereador da coligação do Dr. Pessoa, Walteres Arraes: “Se o senhor for eleito o que pretende fazer pela iniciação esportiva de nossa juventude?”.

“Nós vamos aplicar na metodologia escolar a disciplina educação esportiva, o governo quer acabar com a educação física mas nós vamos é instituir, onde nos colégios eles vão aprender todos os tipos de esporte, vamos formar times de cada escola, campeonato dentro do bairro, vamos formar o campeonato entre bairros, entre regiões, aproveitando nossos ginásios, vamos criar o bolsa atleta municipal para que esses jovens que foram escolhidos através desses campeonatos possam se profissionalizar. Vamos ter um time e esse time vai representar nossos desportistas teresinenses em cada área. Vamos unir o esporte a cultura, dar valor aos nossos jovens que vão apontar como verdadeiros campeões desde cedo”, respondeu o candidato.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


No seu comentário, Dr. Pessoa também destacou os seus projetos. “Nós vamos fazer escolas de tempo integral que tem a grade curricular normal e tem os outros incentivos como cultura, lazer, esporte, que lá tem um desenvolvimento fisico e mental, mas vamos sair da escola também apoiando o esporte amador. A maioria dos campos estão abandonados, vamos manter a criançada no esporte que o poder público não apoiou”, disse.

Na réplica, Quem Quem afirmou que vai criar a escola de tempo integral comunitária com tripé entre pais alunos e professores para que todos possam participar de eventos esportivos e culturais nas escolas. “Também teremos o estudo bíblico para levar a palavra do senhor para nossas crianças desde pequenas”, destacou. Em tréplica, Dr. Pessoa afirmou que quem vai escolher o secretário de educação são os professores e o dinheiro vai ser destinado para lá. Segundo ele, o que se reclama é que o poder municipal desvia dinheiro da educação.

Para finalizar a segunda rodada, Dr. Pessoa respondeu a pergunta do candidato a vereador Italo Barros, da coligação de Amadeu Campos. “Nós percebemos que os terminais de integração ja concluídos não entraram em operação, onde está a falha do sistema de transporte urbano de Teresina?”.

“Como eu já disse, ninguém vai desmanchar, mas agora para qualquer coisa que a gente for fazer vamos consultar o povo, não vamos fazer por fazer, o que está sendo feito eu não sei quando é que vai terminar,  mas vai continuar na minha administração para que o povo se sinta bem. Quero reforçar copiando Fortaleza e copiando o que é bom é orgulho dobrado, vamos fazer o bilhete único para duas viagens, duas horas usando ônibus, entre outros benefícios”, respondeu o candidato.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


No seu comentário, Amadeu afirmou que desde 2012 para cá a situação dos ônibus de Teresina permanece a mesma. “Não tem abrigo de ônibus, é quente, e a frota é velha. O fato é esse , todo projeto que foi deixado pela gestão Elmano está sendo tocado lentamente”, disse. Na réplica, Dr, Pessoa alfinetou a atual gestão. “Na realidade não tem progressão do transporte coletivo, tem alguma coisa amarrada do prefeito com os empresários do transporte coletivo e nós não sabemos que segredo é esse, até mesmo quando foi para ser votado quem continuaria o transporte as mesmas empresas ganharam”, disse.

2º BLOCO (primeira rodada) - ATUALIZADO ÀS 14H41

No segundo bloco, os candidatos responderam perguntas feitas por representantes das coligações dos candidatos da oposição, com tema livre e direito a rodada dupla. O primeiro a ser sorteado a responder, foi o candidato a reeleição Firmino Filho, que foi questionado pelo representante da coligação de Dr. Pessoa, Michel Saldanha, sobre os projetos de saneamento básico na capital.

O candidato à reeleição lembrou que a prefeitura fechou um contrato de concessão com o governo do Estado, que é responsável por gerir a Agespisa, para que tome providências nesse sentindo, o que, infelizmente, ainda não aconteceu. “Nós vamos manter contato com o governo do Estado para que possamos avançar nesse sentindo, assim como já estamos fazendo na região do Lagoas do Norte, e se torne um polo turístico da nossa cidade”, afirmou.

No comentário, Dr. Pessoa disse que para se transformar a realidade de uma sociedade é preciso ter serviços de qualidade, além de drenagem, é nelesário tratar a água e fazer uma transformação completa. “Justamente isso que estamos fazendo isso na estrutura urbana, como também na parte social, além de um trabalho forte junto a juventude para diminuir os índices de violência em toda região e isso será apenas o começo”, disse Firmino Filho, em sua réplica.

Na tréplica, Dr. Pessoa, declarou que é preciso investir também em escolas e transporte de qualidade. “É preciso garantir o direito das pessoas de ir e vir, pois falta segurança de qualidade. Fazer um lago, qualquer pessoa faz, mas é preciso ter uma transformação completa”, acrescentou.

Em sua vez de responder, Dr. Pessoa respondeu a pergunta do vereador Moura, da coligação de Quem-Quem, que questionou sobre o abastecimento e água na cidade. “De imediato vou conversar com o governador, porque nessa situação não pode ficar, por isso, queremos dialogar com o governo do Estado incansavelmente para mudar nossa realidade”, falou.

Quem-Quem comentou a resposta e disse que vai buscar recursos junto ao Banco Mundial para ajudar a Agespisa a melhorar o abastecimento de água. “Não podemos entregar nas mãos de empresas privadas o que é do povo. Água é o bem mais precioso do povo”, frisou.

Com o direito a réplica, Dr. Pessoa concordou com o candidato do PTN e criticou a privatização da Agespisa. Quem-Quem disse que todos os demais candidatos já tiveram ligados à prefeitura e nada fizeram pelo povo. “Queremos trabalhar em parceria com o governo do Estado e fazer acontecer. Prefeito tem que ter pulso e sensibilidade”, completou.

O candidato Quem-Quem respondeu as perguntas do candidato Amadeu Campos e escolheu o Joathan Gonçalves, que perguntou sobre as propostas para segurança pública da cidade. “Nós vamos criar a secretária de Segurança comunitária, para trabalhar em parceria com as demais forças policiais para diminuir drasticamente a violência em Teresina. Vamos reforçar o papel das escolas para tirar as crianças e adolescentes do mundo da criminalidade e leva-los para os centros de cultura e lazer”, afirmou.

No comentário, Amadeu Campos falou que será implatado em Teresina o Guarda Municipal, com 5 patrulhas entre outros aspectos no trânsito, prédios públicos, escolar e ambiental. Na réplica, o candidato da coligação “Com a força do povo”, disse que Amadeu Campos quer que o município faça o papel do estado.

O candidato Amadeu Campos, enfatizou a criação da patrulha Maria da Penha, para fazer com que as mulheres se sintam protegidas e os agressores se sintam ameaçados. “Guarda Municipal faz o trabalho de segurança preventiva”, completou. O parlamentar Clovis Júnior, da coligação de Firmino Filho, perguntou para Amadeu Campos, sobre os projetos para aumentar a cobertura vegetal e o meio ambiente.

“Infelizmente a atual gestão esqueceu o meio ambiente, o rio Poti está agonizando diariamente, pedindo socorro e vamos trazer o projeto de fitorestauração para salvar os rios de Teresina. Não podemos mais conviver com a falta de um aterro sanitário, é preciso não mais uma promessa, mas um compromisso da criação desse espaço”, disse o candidato da coligação “Hora do novo. Tempo de mudar”.

Em seu comentário, Firmino Filho, destacou que foram plantadas mais de 26 mil mudas de plantas, além disso o Caminhão do Verde frequentou os bairros todos os sábados para distribuir mudas de árvores. Na réplica, Amadeu Campos, disse que durante a execução de diversas obras durante a atual gestão, foram derrubadas várias árvores e quer trazer o titulo de Teresina como a Cidade Verde.

O candidato da coligação “Com o povo rumo a vitória”, disse em sua tréplica que busca fortalecer a secretaria municipal de Meio Ambiente. “Nós temos um compromisso de enfrentar os desafios do aterro controlado e estamos no processo de licitação para que Teresina tenha um aterro sanitário e lutamos para cuidar do verde na nossa cidade”, considerou Firmino Filho.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


1º BLOCO (segunda rodada) - ATUALIZADO ÀS 14H19

Para dar início a segunda rodada do primeiro bloco o candidato Amadeu Campos direcionou a sua pergunta ao candidato a reeleição, Firmino Filho, onde questionou o gestor sobre vários pontos que Firmino não cumpriu durante os quatro anos. “O Rio Poti sofre, é poluído durante todo o tempo. Nesse tempo de prefeito ainda não temos um aterro sanitário, temos 82% da cidade na lama e na poeira, varias quadras abandonadas, entre outras coisas”, falou.

Em resposta, Firmino afirmou todas as obras que realizou pela cidade. “Fizemos 115km de calçamento e vamos fazer muito mais, fizemos 430km de asfalto e vamos fazer mais, estamos fazendo estação para termos um aterro sanitário. É importante para que a gente possa entender a questão do Rio Poti que é em decorrência da falta de esgotamento sanitário da cidade. A prefeitura fez um contrato com a Agespisa e ela não cumpriu suas metas, a solução do Poti é também a solução da Agespisa, se eles não resolverem até o final do ano a prefeitura vai assumir e vai solucionar os problemas. Sobre as quadras nós estamos trabalhando para que elas sejam bem conservadas como também para que a comunidade esportiva esteja mais perto da escola, eu me orgulho dessa cidade que é fruto do trabalho de todos nós. Esse é o nosso desejo”, disse.

Na sua réplica, Amadeu afirmou que o atual prefeito teve quatro anos para realizar esse trabalho e não cumpriu. “Nós vamos trabalhar com a fitorestauração, que são os jardins filtrantes para que Teresina tenha de volta um rio próprio para os pescadores e até para o banho como já foi no passado. Você sempre delegou para a Agespisa fazer o saneamento e nunca resolveu. Teresina precisa avançar”, afirmou. Na sua tréplica, Firmino apontou que o Rio Poti não precisa de nenhuma tecnologia inovadora para melhorar. “A própria natureza está fazendo esse papel, o que nós temos que evitar é que o rio fique poluído, é por isso que ao longo do tempo a Agespisa tem sido pressionada e agora nós vamos trabalhar para que possamos tomar da Agespisa caso o Governo do Estado não consiga resolver esse problema da cidade”, finalizou.

Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)

Em continuidade, Firmino fez sua pergunta para Quem Quem: “Que tipo de inovações tecnológicas deseja adotar caso seja prefeito?”.

“Vamos implantar o cartão saúde online, onde o cidadão vai marcar sua consulta e vai ao médico e através de um aplicativo vai ver a data de ida para fazer o exame e voltar ao médico, esse cartão vai ser fundamental para o atendimento do SAMU, ele vai saber qual é o quadro clinico daquele cidadão. Vamos criar o aplicativo para que nossas crianças quando cheguem em casa da escola possa acessá-lo para fazer suas tarefas, ler livros. Vamos levar a energia solar para gerar recursos para Teresina e para os nossos cidadãos, colocar nos telhados de cada residência humilde de Teresina telhas que gerem energia e ele não precisa pagar”, respondeu.

Na réplica, Firmino destacou os pontos tecnológicos de sua gestão: “Nós já temos o Mobi Educa, que faz o controle da frequência da meninada na rede municipal e comunica a família, temos também o Colab, que permite que todo o cidadão tire uma foto e chegue até a prefeitura para a solução de problemas, vamos adotar uma plataforma chamada ‘Teresina e Você’ onde vamos criar alternativas para o enfrentamento da violência nas regiões, vamos fazer também ‘Adote uma árvore’, para que nós tenhamos pessoas engajadas para deixar a Teresina verde”, disse.

Em seguida, Quem Quem questionou o candidato Dr. Pessoa sobre o que ele vai fazer na questão do transporte público de Teresina, se vai adaptar o que já tem ou vai mudar. Na sua resposta, Dr. Pessoa afirmou que vai começar pela acessibilidade da pessoa normal e da pessoa com deficiência que, segundo ele,  é uma vergonha tanto nas ruas como para chegar no Centro da cidade. “Nós partimos dai para o ciclismo que o prefeito está acabando, o mundo está preocupado com o deslocamento sem poluir o meio ambiente. Sobre os automóveis de modo geral nós vamos fazer o transporte leve sob trilhos, melhorar as vias paralelas e a principal que muitas das vezes tem o engarrafamento e vamos fazer um viaduto, que Teresina só tem um”, falou.

Na réplica, Quem Quem afirmou que vai vai dar continuidade ao Plano Diretor da Mobilidade da atual gestão, obtendo a resposta de Dr. Pessoa em seguida: “Eu não disse que vou desmanchar, nós vamos melhorar. As paradas velhas nós vamos melhorar. A novidade do meu plano de governo é o bilhete único para duas horas, onde as pessoas vão economizar dinheiro, tempo, melhorar o seu rendimento e é isso que nós vamos fazer. Não vamos desfazer o que está sendo feito”, declarou.

Para finalizar a última rodada do primeiro bloco, Dr. Pessoa perguntou para Amadeu o que ele pretende fazer sobre o saneamento básico de Teresina. “Nós vamos fazer a fitorestauração, são jardins filtrantes, rios do mundo inteiro com sucesso no brasil já tem, é uma tecnologia barata que nós vamos trazer, Teresina é a ultima das capitais nordestinas no saneamento, 18% de coleta, 14% de tratamento, porque sempre entregou para a Agespisa e nunca cobrou e nem acompanhou. Vamos buscar recursos no plano nacional de saneamento básico que são R$ 513 bilhões disponíveis para o Brasil e Teresina não se credencia, nós vamos dar o saneamento o que ele merece que é o plano de ação imediata”, respondeu.

1º BLOCO (primeira rodada)- ATUALIZADO ÀS 13H40

A Rede Meio Norte realizou na tarde desta quarta-feira (28), o último debate com os cândidas à prefeitura de Teresina, referente ao primeiro turno do pleito municipal, que acontece no próximo domingo (02). Participam do debate  os candidatos com representação na Câmara dos Deputados: Firmino Filho (PSDB), Dr Pessoa (PSD), Amadeu Campos (PTB) e Quem Quem (PTN). O debate foi mediado pela jornalista Maia Veloso.

Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrem Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrem Ribeiro)

O primeiro bloco foi marcado pelo confronto de ideias em que candidato pergunta para candidato, com tema livre e direito a rodada dupla. O primeiro candidato sorteado a questionar foi Amadeu Campos, que se dirigiu ao candidato Firmino Filh. Ele perguntou sobre o que será feito em relação ao sistema de ônibus coletivo e escolas primárias sem ar-condicionado em Teresina.

Firmino Filho agradeceu a oportunidade de participar do debate. “Esse é um desafio nosso para os próximos anos, vamos continuar essas obras e estamos com dinheiro em caixa para fazer investimentos em ar-condicionado nas escolas e creches. Nós tratamos como prioridade a escolaridade para a meninada. Teresina é uma cidade que luta e seguimos esse modelo e trabalhamos para aqueles que mais precisam, nós representamos um modelo de administração que faz a cidade avançar”, disse.

Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)
Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)

Na réplica, Amadeu Campos, disse que esse é o mesmo discurso do candidato há mais de 26 anos, período em que esteve a frente da administração pública municipal. Ainda com o direito a palavra, o candidato do PTB destacou outros pontos negativos da cidade e que precisam de avanço como a revitalização dos rios.

O candidato Firmino Filho, em sua tréplica, destacou que mais de 70% da população teresinense aprova a atual administração pública e enfatizou os investimentos com a zona rural da cidade, como o recapeamento de estradas e na produção agrícola, assim como outras regiões de Teresina.

Pelas regras do debate da Rede Meio Norte, o segundo candidato a perguntar foi Firmino Filho, que se dirigiu ao candidato Dr. Pessoa, sobre os investimentos em energias renováveis. Na sua resposta, disse que o mundo inteiro tem investido em modelos de energia que possam substituir esse atual modelo. “Vamos investir em mecanismos em energia limpa, renovável, para que possamos abrir o mercado com a chegada de empresas que possam investir e que não fazem isso por falta de infraestrutura”, declarou.

Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)


Em sua fala de réplica, Firmino Filho disse que tem adotado experiências com energia solar e vai ampliar a utilização de iluminação Led que poupa o consumo de energia na cidade, tornando Teresina em um município mais sustentável. Para Dr. Pessoa, esses investimentos deveriam ter acontecido há vários anos. “O senhor está andando em passos lentos e nós estamos prometendo investimentos fortes nesse sentindo”,destacou.

Na sua oportunidade de perguntar, Dr. Pessoa questionou Quem-Quem sobre suas propostas para a cultura de Teresina. “O que mais se reclama em Teresina pelos altos preços de teatro e cinema na capital e temos um projeto da criação da Frei Serafim, que vamos transforma-la na Times Square do Piauí, com a implantação de bandas, barracas típicas nos finais da noite e proporcionar um ambiente cultural e gratuito para a população, além de incentivar a cultura nos pontos de lazer de Teresina”, afirmou.

Dr. Pessoa destacou que a Casa de Cultura, Palácio da Música estão abandonados, assim como a  cultura na zona Sul de Teresina. Na tréplica, Quem-Quem disse que os pontos turísticos vão receber bandas para receber os visitantes, fomentando lazer, entretenimento e geração de renda com as feiras de artesanato, calçados e comidas típicos. “Teresina vai se tornar na capital do lazer e entretenimento do Nordeste”, pontuou.

Dr. Pessoa (Crédito: Efrem Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrem Ribeiro)

Quem-Quem foi o ultimo a perguntar nesta primeira rodada de confronto de ideias, e questionou o candidato Amadeu Campos quais são os projetos do seu plano de governo para a saúde dos teresinenses. No espaço destinado a sua resposta, Amadeu Campos, falou que na gestão Elmano Férrer foram criados os ambulatórios para o trabalhador, que proporcionava um atendimento em horário especial para os cidadãos que passavam o dia no trabalho.

“Na atual gestão, esses ambulatórios foram extintos e nós vamos voltar com esses ambulatórios”, frisou. Quem-Quem prometeu em sua gestão implantar nos próximos 6 meses um modelo de criação de cartão eletrônico que vai dá maior celeridade ao atendimento médico de forma humanizada. “Esse será um modelo para o governo federal”, disse Quem-Quem.

Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)
Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)

Na tréplica, Amadeu Campos enfatizou outras propostas para a saúde municipal. “Ainda na saúde, vamos investir nos hospitais dos bairros e também vamos desafogar o HUT (Hospital de Urgência de Teresina) e também utilizar o HGV (Hospital Getulio Vargas) para se tornar um centro e referência em cirurgias ortopédicas, assim como o Hospital Universitário (HU), especialista em atendimentos neurológico”, considerou.

Rede Meio Norte realiza debate com os candidatos a prefeito de THE

Na tarde desta quarta-feira (28), a Rede Meio Norte promove o debate com os candidatos a prefeitura de Teresina com representação na Câmara dos Deputados: Firmino Filho, do PSDB; Dr Pessoa, do PSD; Amadeu Campos, do PTB; e Quem Quem, do PTN.

O candidato do PTN da prefeitura de Teresina, Quem Quem, foi o primeiro a chegar para o debate. Ele declarou que no confronto de ideias não vai apenas criticar o prefeito de Teresina Firmino Filho, mas também os candidatos do PSD, Dr. Pessoa, e do PTB, Amadeu Campos.

“Nós queremos mostrar a verdade de todos os candidatos. É a hora que nós temos que mostrar para a população e a verdade tem que ser dita. O povo merece saber quem dos candidatos está falando a verdade e quem não está, quem está apresentando propostas viáveis para Teresina e quem não está, quem são viáveis de execução e quem não são viáveis”, declarou.

Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)
Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)
Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)
Quem-Quem (Crédito: Efrem Ribeiro)

O candidato do PTB, Amadeu Campos, também chegou no local para participar do debate. “A expectativa para o debate é a melhor porque esse é um momento de decisão, é quando as pessoas prestam atenção nos candidatos para decidir o voto. Nós vamos apresentar as propostas para que Teresina seja uma cidade inovadora, moderna e com mais qualidade de vida para as pessoas. Nós temos que respeitar os papeis que cada cada candidato escolhe para desempenhar”, afirmou Amadeu.

Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)
Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)
Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)
Amadeu Campos (Crédito: Efrem Ribeiro)

O prefeito Firmino Filho, candidato a reeleição pelo PSDB, foi o terceiro a chegar na Rede Meio Norte para participar do confronto. Para ele, o debate é um dos momentos mais importantes da campanha.

“A expectativa para o debate é positiva porque vai ser um debate de ideias sobre a nossa realidade, onde vamos mostrar as alternativas que nós temos para a nossa cidade. Nós avançamos muito nos últimos anos e queremos através de projetos dar continuidade na nossa gestão”, declarou o prefeito.

Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrem Ribeiro)

O candidato do PSD, Dr. Pessoa, foi o último a chegar para o debate e disse que a sua expectativa é sempre a mesma, porque conheça a lisura da Rede Meio Norte e vai apresentar as propostas e rebater os ataques agressivos para o seu lado. Ele disse que estranhou a posição do candidato Quem-Quem, porque ele acha que a população já percebeu que ele estava na oposição e agora faz parte da situação.

“A população já percebeu que o Quem-Quem está trabalhando como laranja, daquelas podres, que nem  na Ceapi querem mais”, disse.

Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Maia Veloso (Crédito: Efrém Ribeiro)
Maia Veloso (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos participam de debate na Rede Meio Norte (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Maia Veloso (Crédito: Efrém Ribeiro)
Maia Veloso (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Candidatos conversam com assessores durante o intervalo (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bancada da OAB (Crédito: Efrém Ribeiro)
Bancada da OAB (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Dr. Pessoa (Crédito: Efrém Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrém Ribeiro)
Firmino Filho (Crédito: Efrém Ribeiro)

Participaram desta cobertura os repórteres Mayara Dias e Waldelúcio Barbosa.

Fonte: Portal MN