Eleitor pode se inscrever para atuar como mesário nas eleições 2014

Voluntários recebem uma série de benefícíos; veja quais são. Justiça Eleitoral precisa do trabalho de pelo menos 12 mil voluntários.


Eleitor pode se inscrever para atuar como mesário nas eleições 2014

Os eleitores que quiserem atuar como mesário voluntário nas próximas eleições podem se inscrever no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ou nos cartórios do Tocantins. Em cada processo eleitoral, a justiça precisa do trabalho de pelo menos 12 mil cidadãos como mesários. Além de exercer a cidadania, o eleitor que se candidata recebe benefícios.

"Dois dias de folga por dia de serviço prestado à Justiça Eleitoral; as horas de trabalho também contam como atividade extra-curricular para os acadêmicos de universidades conveniadas e o trabalho serve como critério de desempate em concurso quando previsto em edital", explica o chefe de gestão de desempenho do TRE, Clairton Thomazi.

Segundo Thomazi nem todos os eleitores podem atuar na função de mesário. "Os parentes de candidatos até 2º grau, inclusive cônjuge, agentes públicos, policiais e comissionados do Executivo, servidores da Justiça Eleitoral, menores de 18 anos, fiscais e membros de diretório de partidos políticos não podem ser mesários".

Os candidatos que são convocados recebem um treinamento. No dia das eleições, ele deverá chegar no local a partir das 7h, ou seja, 1h antes do início do processo eleitoral. Após o encerramento, às 17h, o mesário deve fazer os procedimentos de finalização, sendo liberado em seguida.

Os interessados devem se inscrever até a quarta semana de julho porque nos primeiros dias de agosto, devem ser publicados os editais de convocação. O candidato que se inscrever e não comparecer poderá ser punido, segundo Thomazi. Em 2012, 71% dos mesários atuaram como voluntários no estado.

Fonte: G1