Em três dias Enem 2012 tem mais de 1,5 milhão de inscritos; saiba

Em três dias Enem 2012 tem mais de 1,5 milhão de inscritos; saiba

Inscrições foram abertas na última segunda-feira e vão até 15 de junho

Em três dias de inscrição, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) já conta com mais de 1,5 milhão de candidatos. O balanço foi anunciado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na tarde desta quinta-feira (31).

De acordo com o MEC (Ministério da Educação), até as 15h20 desta quinta-feira, 1.597.643 de candidatos haviam se inscrito. Deste total, 985 mil já concluiram o ensino médio. Segundo Mercadante, o primeiro inscrito no exame foi um baiano.

O presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, afirma que as inscrições estão acontecendo sem qualquer tipo de problema técnico.

? O sistema não pesa em quase nada da nossa capacidade. Não há qualquer problema.

Costa afirmou que a instituição tem ajudado os alunos a se inscreverem por meio do Twitter. De acordo com ele, houve um aluno que publicou na rede social que não conseguia fazer a inscrição. O órgão identificou o problema e "twittou" as orientações. Mercadante destacou que é a primeira vez que o MEC usa redes sociais para auxiliar os candidatos.

? Essa orientação imediata, nós não tínhamos.

O período de cadastro começou na segunda-feira (28) e termina em 15 de junho. Até o início de quarta-feira (30), o MEC (Ministério da Educação) já contabilizava 1,15 milhão de inscrições. A expectativa do ministro é de que o número total de inscrições neste ano supere o registrado em 2011, quando o exame bateu recorde com 6 milhões.

O exame está marcado para os dias 3 e 4 de novembro e o resultado individual dos candidatos será divulgado em 28 de dezembro. Os alunos devem se inscrever pelo site do Inep e pagar taxa no valor de R$ 35 até o dia 20 de junho.

Redações

Uma das mudanças da prova deste ano é o critério de correção das redações. Os textos continuam sendo avaliados por dois corretores, mas, se houver diferença de mais de 200 pontos entre eles, um terceiro examinador independente vai avaliar o texto. Em 2011, essa diferença era de 300 pontos.

Caso persista a discrepância entre as avaliações, a redação será corrigida por uma banca formada por três professores.

Fonte: r7