Lula critica PPS e diz  que estado de Minas Gerais gerido pelo PSDB está "quebrado"

Lula critica PPS e diz que estado de Minas Gerais gerido pelo PSDB está "quebrado"

Em comício em Belo Horizonte, Lula diz que governo estadual de padrinhos de Lacerda está "quebrado"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira (31), durante comício da campanha do candidato do PT à Prefeitura de Belo Horizonte, Patrus Ananias, na Praça da Estação, no centro da cidade, que o Estado de Minas Gerais está "quebrado". "O governador [Antonio Anastasia-PSDB] não pode falar isso", afirmou. O governador foi apadrinhado politicamente pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG). Aécio e Anastasia apóiam o adversário do petista, o atual prefeito e candidato à reeleição, Marcio Lacerda (PSB).

Lula discursou por cerca de 13min para cerca de 5.000 pessoas, de acordo com cálculos da PM (Polícia Militar). O ex-presidente teve de interromper o discurso para beber água. Ele também criticou Lacerda. Segundo ele, o candidato à reeleição não sabe "nem sorrir" e é "uma pedra de gelo".

O ex-presidente disse ainda que Patrus Ananias, quando foi prefeito de Belo Horizonte, de 1993 a 1996, tinha dificuldades para obter verbas federais. Os presidentes à época eram Itamar Franco (1992-1994), que era do PMDB, e Fernando Henrique Cardoso (1995 a 2002), que é do PSDB. "As verbas não eram liberadas", disse.

O ex-presidente Lula participa de comício do candidato do PT à Prefeitura de Belo Horizonte, Patrus Ananias, na praça da Estação, no centro da cidade. O evento marca a volta de Lula aos palanques, depois de ter discursado na campanha de Dilma à presidência em outubro de 2010. O ex-presidente pretende passar por 17 cidades até o dia da votação, em 7 de outubro Carlos Roberto/Jornal Hoje em Dia

Lula foi anunciado como o maior presidente que o Brasil já teve e foi ovacionado pelo público com gritos de ?Olê, olê, olê olá, Lula, Lula?. Ele começou seu discurso dizendo: ?Estou feliz de estar em BH para dizer aos meus amigos que voltei e aos meus inimigos que ainda vão me ver por muito tempo?. O ex-presidente disse que seu maior medo quando descobriu o câncer era o de não poder mais fazer discurso. ?Não tive medo de morrer. Tinha medo de viver sem poder fazer discurso. O dom que Deus me deu foi de falar com as pessoas?.

O ex-prefeito de Belo Horizonte e atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Fernando Pimentel disse que recebeu um telefonema da presidenta Dilma e que ela pediu que ele dissesse a todos que Patrus vai ser prefeito de BH para continuar a obra de Lula. Em sua fala, o ex-presidente seguiu linha semelhante. ?Tem muita gente que fala que é tocador de obra, que sabe fazer ponte. Isso é bom, mas muito melhor é alguém que sabe conversar com o povo, é alguém que sabe cuidar do povo. Quem sabe melhor das pessoas que Patrus??

O próprio Patrus Ananias estava animado, e disse que seu compromisso com a vida e com o futuro foi renovado nos últimos anos, quando se tornou avô. ?Tudo que queremos fazer é compromisso com as pessoas?.

?Eu queria dizer a todo mundo, pros nossos adversários, que voltei. Voltei pra viver muito e pra fazer muito discurso?. Em sua fala, o ex-presidente falou também sobre a dissolução da aliança na atual Prefeitura da capital mineira. ?No PT de Minas o pessoal andava de cara feia, de cabeça baixa e eis que Deus colocou o dedo no lugar certo. Se quem o PT ajudou a eleger não quer mais estar do nosso lado, não vamos ficar lamentando. Eles não quiseram fazer aliança com o PT porque faz parte da cabeça deles tentar destruir o PT. Mas o que eles não sabem é que o PT não é Lula, não é Patrus, é cada um de vocês?.

Fonte: ;o