Em passeio homem vê tubarão e se joga para nadar com o animal

Em passeio homem vê tubarão e se joga para nadar com o animal

Depois de se agarrar às costas do animal, ele chegou a ser puxado por alguns metros.

Coisas a fazer antes de morrer: nadar com um tubarão-baleia. O norte-americano James Robert Bostwick já riscou esse item de sua lista. No começo deste mês, em um passeio de barco na costa da Flórida, Estados Unidos, ele e dois amigos se depararam com o grande animal. O homem não pensou duas vezes e pulou no mar. Depois de se agarrar às costas do animal, ele chegou a ser puxado por alguns metros.

Em um vídeo postado em sua página do Facebook, Bostwick se vira para a câmera e faz sinal de positivo enquanto nada agarrado ao tubarão. ?Eu sou o mais sortudo dos caras com sorte no mar?, escreveu o norte-americano. ?Um item a menos na lista de coisas a fazer antes de morrer?. O animal teria passado 20 minutos nadando com os humanos.

Na web, ele recebeu críticas pela iniciativa, já que poderia ter machucado o animal. Bob Hueter, diretor do Centro de Pesquisa sobre Tubarões do Mote Marine Laboratory, disse à rádio local WTSP que nadar com o tubarão-baleia não arrisca a segurança do animal, mas ele não deveria ter segurado no bicho. ?Eles (tubarões-baleia) não podem ferir a pessoa, mas podem ser feridos com contato demais. O problema de tocá-los é que eles têm uma camada de mucosa na pele que é danificada quando tocado, logo, isso pode comprometer a saúde do animal a longo prazo?, afirmou Hueter.

Fonte: Extra