Em tentativa de roubo, policial militar leva 9 tiros, mas sobrevive

Em tentativa de roubo, policial militar leva 9 tiros, mas sobrevive

Duas mulheres também acabaram baleadas.

O sargento da PM Cláudio Roberto Coutinho, de 49 anos, lotado no Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (Bptur), levou nove tiros em uma suposta tentativa de assalto, na noite desta quinta-feira, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. Duas mulheres que estavam em um bar foram atingidas por balas perdidas. De acordo com policiais do 3º BPM (Méier), o estado de saúde do militar é grave, mas ele deve sobreviver.

Segundo testemunhas, por volta das 19h30 o sargento foi abordado por quatro homens em duas motos, na esquina das ruas Doutor Bulhões e Pernambuco. No local funcionam dois bares famosos na região e de grande movimento. O policial estava em frente a um deles aguardando a mulher que trabalha em um salão de beleza. Ele reagiu a investida e foi baleado nove vezes. Os bandidos teriam usado a própria arma do militar para ferí-lo.

De acordo com o Serviço Reservado (P-2) do 3º BPM (Méier), o PM foi atingido na perna, braço, orelha, ombro e abdomen. Ele está internado no Hospital Salgado Filho (HSF), no Méier, onde chegou lúcido, apesar de ter perdido muito sangue. O sargento foi operado e permanece internado. Ainda não há informações oficiais sobre seu estado de saúde.

Os bandidos fugiram levando a bolsa e pertences do PM, além da arma. A moto dele, no entanto, não foi roubada. Cristina Duarte, de 25 anos, e Edilaine dos Santos Ruth Griane, 30, também foram baleadas e levadas para o HSF. A primeira foi atingida de raspão nas costas e já foi liberada. A segunda levou um tiro na perna e fraturou o fêmur. Ela foi operada e permanece internada na unidade.

O caso foi registrado na 26ª DP (Todos os Santos).

Fonte: O Dia Online