Emgerpi trabalha para proteger arquivos e agilizar atendimento

Objetivo é solicitar da Agência a ampliação dos pontos de internet

O diretor presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Ricardo Pontes, se reuniu com o diretor geral da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), Avelyno Medeiros. O encontro, realizado na sede da ATI, teve como objetivo solicitar da Agência a ampliação dos pontos de internet que a Empresa tem e solicitar novas ilhas de digitalização dentre outros equipamentos que possam dar maior celeridade aos trabalhos que a Empresa vem promovendo no Estado.

Ricardo Pontes apontou que a solicitação para ampliar os links de internet que a Emgerpi possui na capital e no interior partiu da necessidade de agilizar os atendimentos oferecidos pela Empresa, através do Programa Minha Casa Legal, criado a fim de realizar a regularização fundiária urbana e financeira dos imóveis dos extintos Cohab, Iapep e BEP.

O gestor afirma que este pedido também visa tornar mais ágil os serviços para aquelas pessoas que buscam atendimento jurídico nos Escritórios Regionais que a Emgerpi possui nas cidades de Picos, Parnaíba, Floriano e Campo Maior.

Outras reivindicações foram feitas durante a reunião, como a solicitação de uma nova ilha de digitalização. Este pedido tem como finalidade acelerar os trabalhos que a Empresa está fazendo, por meio do Projeto Gestão Digital, cujo propósito é digitalizar todo acervo documental que a Emgerpi possui em todo o Estado.

Outra ação que busca proteger ainda os contratos habitacionais e demais arquivos da Empresa certamente foi o apoio para adquirir servidores para fazer backup, isto é, obter equipamentos que possam fazer cópias de segurança destes dados, em caso de falhas dos sistemas da Empresa. Conforme Medeiros o prazo estabelecido para melhorar a velocidade dos pontos de internet podem ser de até 50 dias e que as demais solicitações também contarão com o apoio da equipe ATI. 

A reunião contou com a presença do diretor-técnico da ATI, Daniel Amaral, dos assessores técnicos da Casa do Mutuário, Edmo José e José Francisco, dos técnicos de informática da Emgerpi, Eduardo Vitor e Diego Germano.

Fonte: Com informações do Portal do Governo