Empresa britânica cria o 'drone de selfie’ para ocupar o lugar do 'pau de selfie'

- Ele tem uma série de acessórios, inclusive câmeras de alta definição - disse Vernon Kerswell, fundador da companhia. - É ideal para tirar selfies.

Os drones já são usados para entregar pizzas, fazer imagens aéreas e, em breve, poderão ocupar o lugar dos “paus de selfie”. A empresa britânica Extreme Fliers trouxe para a feira iternacional CES (Consumer Electronics Show) o Micro Drone, um pequeno quadricóptero controlado remotamente que cabe na palma da mão.

- Ele tem uma série de acessórios, inclusive câmeras de alta definição - disse Vernon Kerswell, fundador da companhia. - É ideal para tirar selfies.

O Micro Drone pesa cerca de 500 gramas e tem autonomia para 10 minutos de voo e alcance de 120 metros. O quadricóptero é vendido por US$ 99, e os acessórios, que incluem a câmera, sai por US$ 65.

Já o Zano foi pensado exclusivamente para os selfies. Ele não possui controle, como os outros drones, apenas um aplicativo para smartphone que ativa e desativa as hélices. A direção é feita por gestos com o celular.

A câmera tira fotos com resolução de cinco megapixels e filma em 720 pixels a 60 frames por segundo. O armazenamento é feito em cartão SD.

O projeto foi lançado em um site de financiamento coletivo e alcançou mais de US$ 3 milhões. Os financiadores começam a receber o produto em junho e, a partir de então, ele será oferecido ao público.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: O Globo