Empresas já podem conceder licença maternidade ampliada

A ampliação depende de uma negociação entre o empregado e a empresa

A partir de hoje as mulheres grávidas já podem contar com o prazo de licença maternidade ampliado de quatro para seis meses. A ampliação dos serviço depende de uma negociação entre o empregador e funcionário. Além disso, é preciso que as empresas tenham aderido ao programa ?Empresa Cidadã?, que prevê o abatimento de imposto como forma de recompensa.

A licença maternidade de seis meses já era concedida aos servidores públicos e agora foi estendido também às empregadas de empresas privadas. Com o abatimento dos impostos, o programa permite a empresa descontar do Imposto de Renda o salário pago nos dois meses de licença a mais concedidos à empregada. A nível Nacional, isso significa uma redução em torno de R$ 414,1 milhões de reais em pagamento de impostos.

Mais detalhes sobre o tema na edição de amanhã do Caderno Theresina do Jornal meio Norte

Fonte: Carolina Durães, Jornal Meio Norte