Fies: Prazo de renovação de contratos é prorrogado até 16 de junho

1,28 milhão de contratos devem ser aditados neste semestre

O prazo para fazer a renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referentes ao primeiro semestre de 2017 foi prorrogado para o dia 16 de junho. Até então, a data limite seria nesta quarta-feira (31).

A validação das informações deve ser feira pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies). No entanto, na manhã desta quarta, o sistema estava fora do ar.

O Ministério da Educação afirmou que o sistema "apresentou um problema técnico em função da grande demanda dos últimos dias" e que esse problema não afetará os estudantes, já que o prazo foi prorrogado. O MEC diz ainda que está desenvolvendo um novo sistema informatizado para o Fies, para evitar novas dificuldades

Segundo o FNDE, 1,28 milhão de contratos devem ser aditados neste semestre e, até a manhã desta quarta, já haviam sido formalizadas 1,05 milhão de renovações.

Os contratos devem ser renovados a cada semestre e o pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado, SisFies.

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Além de renovar os contratos vigentes, os estudantes também podem mudar de curso ou de instituição de ensino, assim como solicitar a ampliação do prazo de uso do financiamento.

Leia a íntegra da nota do MEC:

"O sistema Fies aditamento apresentou um problema técnico em função da grande demanda dos últimos dias.

Os estudantes não serão prejudicados por este problema técnico. O MEC/FNDE prorrogou o prazo de aditamento para até o dia 16 de junho. O sistema será retomado nesta quinta-feira, às 18h.

O FIES conta com um sistema complexo, que envolve cerca de 30 subsistemas, sendo o de aditamento um deles. Esse sistema está em funcionamento já há alguns anos. A atual gestão do Ministério já iniciou um processo de desenvolvimento de um novo sistema para o FIES. A previsão é que esteja pronto para entrar em funcionamento até o fim de 2018. O novo sistema será integrado e otimizado, melhorando a qualidade dos processos e das informações."




Fonte: G1