Chuvas deixam 105 mil pessoas desabrigadas no Maranhão. Veja!

Defesa Civl diz que 105.475 pessoas deixaram suas casas devido às chuvas no Maranhão

Boletim divulgado pela Defesa Civl do Maranhão aponta que 105.475 pessoas em já deixaram suas casas devido às chuvas no estado. Dez pessoas morreram. A previsão é de mais chuvas para o fim de semana e para a segunda-feira (18). Noventa e dois municípios estão em situação de emergência.

Do total, 65 mil pessoas foram desalojadas, ou seja, deixaram suas casas, mas se encontram em casas de amigos ou parentes. Outras 40.288 pessoas estão desabrigadas e foram levadas para abrigos públicos.

Na sexta-feira (17), foi encontrado o corpo de uma adolescente de 13 anos no município de Coelho Neto. Ela teria sido levada pelas águas quando ia para a escola.

Ainda de acordo com o boletim, 326.919 pessoas foram afetadas. Esse número corresponde a todos os que foram atingidos direta ou indiretamente pelas chuvas. Para esse cálculo, a Defesa Civil leva em consideração, por exemplo, crianças que perderam aulas porque a escola foi utilizada como abrigo.

As chuvas começaram a se intensificar há dois meses. Há cerca de um mês, os alagamentos começaram a gerar os primeiros desabrigados. Os municípios mais afetados, segundo a Defesa Civil, são Trizidela do Vale, Bacabal, Pedreirase Itapecurumirim, que ficam ao longo dos rios Mearim e Itapecurumirim.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br