Enem será mais seguro este ano, garante Ministério da Educação

O Exame acontece nos dias 24 e 25 de outubro.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou o edital sobre as novidades do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prova usada como critério de acesso à educação superior. Dentre as novas regras estão medidas para reduzir a desistência dos candidatos inscritos, além da ampliação de segurança das provas, e outros. O Exame acontece nos dias 24 e 25 de outubro.

Agora, os candidatos isentos de taxa de inscrição que não comparecerem nos dois dias de provas sem justificar a ausência, perderão o benefício na próxima edição. A medida foi tomada pelo fato que, em 2014, dos 8.721.946 alunos inscritos, mais de 2 milhões faltaram nos dois dias de prova.

De acordo com Norma Ramos, gerente da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Secretaria de Educação do Piauí (Seduc), a novidade beneficia sociedade e Governo. “A quantidade de alunos isentos que faltavam durante as provas era muito grande. Por isso, a nova regra é uma proposta educativa, dando oportunidade a quem realmente precisa, além de diminuir os desperdícios de dinheiro público”, afirma.

Além disso, os malotes com as provas possuem lacres eletrônicos e serão abertos após às 13h até às 13h30 pelos coordenadores e na presença de uma terceira pessoa. A ação acontece depois que todos os estudantes já estejam em seus lugares. A Gerente Norma Ramos destaca que a novidade pretende reduzir as possibilidades de vazamento das provas. “A cada ano o Inep está melhorando os níveis de segurança. O lacre eletrônico sempre fez parte do processo, pois é a parte sigilosa e leva toda uma estratégia de segurança”, avalia.

Outra mudança está em evitar fraudes das inscrições de travestis e transexuais que pretendem ser identificados pelo nome social. Além disso, haverá melhorias no atendimento a pessoas com visão monocular, e consequentemente, possuem noção de profundidade limitada.

As inscrições acontecem exclusivamente pela internet (sistemasenem2.inep.gov.br), a partir das 10h do dia 25 de maio, e vai até às 23h59 de 5 de junho (horário oficial de Brasília). Os candidatos que declararem carência e os concluintes do ensino médio em 2015 matriculados em escolas da rede pública, serão isentos da taxa de inscrição. Os demais candidatos pagam o valor de R$ 63.


Fonte: Pollyana Carvalho e Daniely Viana