Enfermeiros se articulam em busca de direitos trabalhistas

“Estamos nos articulando com deputados e senadores piauiense para que eles lutem conosco pela aprovação destes projetos”, afirma Lauro César.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA (23) DO JORNAL MEIO NORTE

O Conselho Regional de Enfermagem (COREN-PI) divulga as metas que serão priorizadas durante o ano de 2015. Os profissionais defendem por meio do órgão o estabelecimento de um plano de carreira e aprovação no Planalto Central dos projetos de lei que estabelecem as jornadas de 30 horas e o piso salarial dos enfermeiros.

Segundo Lauro César, que assumiu a gestão de 2015 a 2017 do COREN-PI, o órgão quer lutar pela aprovação de projetos em trâmite que dizem respeito à categoria. “Nós temos um projeto em nível nacional que está há 10 anos no Planalto. A redução para as 30 horas semanais é um destes pontos de pauta. Estamos lutando pela aprovação”, declara.

Além de articular nacionalmente, o COREN-PI busca se articular com lideranças locais para assegurar direitos para os enfermeiros também em nível estadual. “Estamos nos articulando com deputados e senadores piauiense para que eles lutem conosco pela aprovação destes projetos”, afirma Lauro César.

Fonte: Lucrécio Arrais