Desfile de blocos atrai multidão para Avenida Marechal Catelo Branco

Abordando problemas sociais aliados ao bom humor, os blocos de Teresina desfilaram no último domingo.

21/02/2012 - 13:00
TRADIÇÃO | Os blocos de Teresina mostraram quem que fica na cidade tem opções para diversão
TRADIÇÃO | Os blocos de Teresina mostraram quem que fica na cidade tem opções para diversão
Foto: Reprodução Jornal MN

O folião que não pôde viajar e ficou na cidade teve como atração para este domingo de Carnaval a programação dos tradicionais desfiles dos blocos. Mesmo com a possibilidade de chuva, muitos saíram de casa e foram para a avenida conferir a apresentação dos blocos, entre eles: Coisa de Nego, Piauí Samba, Amigos do Cabral, Nós Tudinha, Turbinados do Sergipe, Guericó e Bloco dos Piratas.

A festa começou com alguns minutos de atraso por conta da decisão do Bloco Coisa de Nego - o primeiro previsto para desfilar - de não se apresentar na avenida. De acordo com os diretores do bloco, a falta de verba e dificuldades financeiras teriam inviabilizado a apresentação.

Por conta disso, o primeiro bloco a se apresentar na avenida da folia no domingo, dia 19, foi o Piauí Samba, que já tem tradição na avenida e trouxe muito brilho ao evento. Com enredo bastante bonito, o tema do bloco para 2012 foi cantado por todos os seus integrantes.

Os bonecos gigantes que acompanhavam o fim dos desfiles de cada bloco também foram um show à parte e encantaram as crianças e também muitos adultos com as suas piruetas. Muitos pais fizeram questão de levar seus filhos para o evento e muitos deles se enfeitaram no verdadeiro clima de Carnaval.

A festa organizada pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, contou, além dos desfiles dos blocos de sujos, com a apresentação de bandas no palco principal. Bloco de mulheres - Nós Tudinha alerta para a violência e se destaca Contudo, o grande destaque da noite foi o bloco Nós Tudinha, que surgiu em 2007 e desde então é presença garantida no corredor da folia.

Cerca de 600 mulheres vieram para a avenida defender o tema “Violência contra a mulher: a dor que a Justiça não sente. Chega de impunidade!”. A intenção era de se divertir e alertar para os perigos e avanços da violência contra as mulheres. “Estamos aqui, hoje, para nos divertir e conscientizar também as mulheres de que elas não precisam viver situações de abuso e precisam se defender da violência sofrida por companheiros, esposos ou namorados”, explica Francisca Guimarães, que é uma das mobilizadoras do Nós Tudinha.

Ela conta que já viveu situações de abuso doméstico e que hoje conta sua experiência para incentivar outras mulheres a também se libertarem de situações de perigo. Francisca Guimarães defende ainta que também cabe às mulheres e mães ensinarem aos seus filhos homens de que a mulher deve sempre ser respeitada.

Além das integrantes do bloco, uma das atrações do Nós Tudinha foi a presença da grande dama da sociedade piauiense, Genu Moraes, que com 85 anos distribuiu vitalidade desfilando em carro aberto e cantando o tema das mulheres contra a violência e alertando as autoridades para a problemática tão atual.

Trinta mil pessoas foram à Marechal. O prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), disse que no domingo 30 mil pessoas foram para o Carnaval na Avenida Marechal Castelo Branco, e foi retomado o Carnaval popular da cidade. Férrer disse que neste ano Teresina realizou uma extensa programação carnavalesca, que teve como destaque o Corso, no dia do Zé Pereira, que se transformou no maior do mundo.

“Na Avenida Marechal tivemos grande show com 30 mil pessoas e blocos carnavalescos. Também tivemos em outros locais o desfile do Carnaval, tivemos, na Praça da Liberdade, o Sanatório Geral. Tudo isso fez com que o Carnaval deste ano fosse do povo para o povo”.

FONTE: Marcilany Rodrigues

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo