Especialização busca qualificar gestores escolares

Curso é parceria com MEC e UFPI

Começou nesta segunda-feira o segundo curso de Especialização em Gestão Escolar. Promovido através de uma parceria entre diversos integrantes do Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica. O curso será a distância com 560 vagas e acontece em 9 pólos espalhados pelo estado, voltado para gestores de escolas estaduais e municipais.

Segundo a gerente de gestão escolar da Seduc, Maria do Carmo Marques Pires o curso é exclusivo para gestores. ?São só gestores da rede estadual e municipal que estão aptos a participar da especialialização. Houve uma seleção para preencher as 560 vagas com pré-matrícula, inscrições e posterior seleção?, comenta a gerente. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Seduc, Ministério da Educação (MEC) através da Secretaria de Educação Básica (SEB), Universidade Federal do Piauí (UFPI) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Ao todo o curso vai contar com 450 horas aula em aproximadamente 30 disciplinas que envolvem vários aspectos da gestão escolar para apresentar novas práticas aos diretores participantes. ?Inclusive tem uma disciplina que valoriza a experiência que eles desenvolvem nas escolas?, destaca a gerente de gestão escolar. Ela explica que o curso não tem disciplinas necessariamente voltadas para o intercâmbio de experiências, mas que este processo vai acontecer. ?Com certeza na socialização esta troca há de acontecer?, enfatiza.

As 560 vagas foram distribuídas para os municípios de Teresina, Regeneração, Piripiri, Floriano, Picos, Valença, Oeiras, Parnaíba e São Raimundo Nonato. ?São 9 pólos porque é um curso on-line que vai contar com momentos presenciais?, pontua Maria do Carmo. O preenchimento das vagas buscou uma divisão entre diretores da rede municipal e da rede estadual de ensino.

?São 50% das vagas para a rede municipal e 50% para a rede estadual na inscrição, mas nem sempre fica na hora da seleção?, destaca explicando que não podem sobrar vagas. O curso será realizado na Plataforma Moodle do MEC e será iniciado nos pólos espalhados pelo interior do Estado até o dia 27 deste mês. (C.R.)

Fonte: Carlos Rocha, Jornal Meio Norte