Timão adota silêncio sobre contratação de Adriano

A proposta inicial do Corinthians foi de R$ 300 mil mensais fixos, mais um acréscimo por produtividade

23/03/2011 - 17:41

As portas do Corinthians estão escancaradas para Adriano. O contrato para o jogador assinar está redigido. A diretoria espera anunciar o acordo até o final desta semana e preparou um contrato comedido, sem fazer grandes loucuras. No entanto, com medo de ver a negociação virar um “mico”, o clube decidiu adotar o silêncio até que o atacante assine o que alinhavou verbalmente.

A proposta inicial do Corinthians para Adriano foi de R$ 300 mil mensais fixos, mais um acréscimo por produtividade. O UOL Esporte apurou que o valor total colocado no contrato final é inferior ao pago para Roberto Carlos em sua chegada ao Parque São Jorge na temporada passada. O lateral-esquerdo acertou por R$ 500 mil mensais no final de 2009.

No acordo verbal que já aconteceu entre clube e Imperador, o rendimento mensal do atacante não alcança os R$ 500 mil de Roberto Carlos. Nem mesmo se incluídos os acréscimos por produtividade.

O cuidado na elaboração do vínculo com Adriano se deve não só ao histórico problemático do atacante e a sua vontade de voltar ao Flamengo, mas também à cautela política de Andrés Sanchez. O presidente corintiano fez uma espécie de enquete informal no Parque São Jorge nos últimos dias.

Abordou inúmeros conselheiros e perguntou o que eles achavam do Imperador. A maioria aprovou o nome, mas fez ressalvas quanto a possíveis faltas e atrasos do atacante. Recomendou que Andrés tentasse fazer um contrato que resguardasse o Corinthians diante de tais ameaças.

E a meses de deixar a presidência e tentar fazer seu sucessor, o dirigente disse que tentaria acatar as recomendações dos conselheiros alvinegros. Essa consulta informal aos membros do conselho também não é novidade na conduta de Andrés. Ele costuma realizá-la quando está próximo de oficializar alguma contratação mais impactante.

Andrés nega o interesse em Adriano desde o final de 2010, mas fez chegar ao atacante o interesse em seu futebol, principalmente por meio de Ronaldo. O Fenômeno é amigo do Imperador e o recomendou diversas vezes ao clube alvinegro.

Empresário de Adriano, Gilmar Rinaldi nega que o atacante já tenha acertado com algum clube. “Quatro equipes grandes do Brasil me procuraram e o Adriano foi informado sobre todas elas”, disse o agente, tão cauteloso quanto à diretoria corintiana.

Adriano atualmente faz fisioterapia para curar o problema que sofreu no ombro em jogo da Roma, sua última equipe. “Em 15 dias ele está pronto para treinar. Para jogar ele deve precisar de um mês ou um pouco mais”, comentou Gilmar Rinaldi.

FONTE: UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo