Estado fiscaliza ações da concessionária dos terminais rodoviários

Terminais de Teresina, Picos e Floriano serão reformados.

Representantes da Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (Sinart) estiveram reunidos, nessa quinta-feira (7), na sede da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), com membros do Comitê de Monitoramento dos Contratos de Concessão das Rodoviárias para tratar e discutir o plano de obras que já começaram a ser desenvolvidas dentre as quais, as intervenções emergenciais e posteriormente a reforma para qualificação e modernização dos terminais de Teresina, Picos e Floriano.

Estado fiscaliza ações da concessionária dos terminais rodoviários
Estado fiscaliza ações da concessionária dos terminais rodoviários

Eduardo Pedreira, presidente do conselho administrativo da Sinart, afirmou que já foram encomendadas duas escadas rolantes com largura de 1 metro, mais apropriadas e adequadas às normas de acessibilidade, que deverão ser instaladas em até 6 meses. A escada atual da rodoviária possui apenas 60 centímetros e, segundo atual estudo técnico, não tem mais condições de funcionamento.

Pedreira informou ainda que já foi encomendado um teto novo e resistente para o terminal de Picos, afetado recentemente por um vendaval. A concessionária fez um reparo provisório até a chegada da nova estrutura para substituição.

“Estamos mantendo uma parceria sólida com o Estado. O Comitê de Monitoramento instituído, é um comitê proativo que dialoga com a iniciativa privada e está nos ajudando dentro de nossas próprias limitações, estamos mutuamente tentando dar a resposta mais adequada para a sociedade”, pontuou o presidente.

A superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, considerou as instalações em geral aceitáveis, considerado o curto espaço de tempo concedido à concessionária. “De toda forma, a Sinart terá até seis meses para providenciar as reformas emergenciais na estrutura dos três terminais e o prazo de 12 meses para requalificação e modernização. O Estado continuará no monitoramento e fiscalização do contrato que tem duração de 25 anos”, declarou Viviane.

A Sinart está trabalhando também na recuperação do asfalto e buracos existentes nas vias de acesso e saída de ônibus e veículos no terminal de Teresina. “As melhorias de infraestrutura das vias de acesso ao terminal rodoviário, são de responsabilidade do município e a concessionária, ciente do problema, já tomou a iniciativa para resolver essas pendências”, informou o membro do Comitê de Monitoramento dos Contratos de Concessão das Rodoviárias, Genésio Pires.

Intervenções

Os banheiros femininos e masculinos do térreo já estão em condições de uso, embora ainda não seja a reforma final, mas apenas adequação ao uso. Foram trocadas mais de 150 lâmpadas em todo o terminal, restaurando a níveis aceitáveis a iluminação do espaço. Foi concluída capina geral em todo o entorno da rodoviária, inclusive áreas verdes e pracinhas, e limpeza geral e pintura do terminal "emergenciais" nos meios fios em geral e reparada a pintura da faixa de pedestres na frente da rodoviária.

Fonte: Ascom